Avacoelhada

iG Minas Gerais |

Batista e Euler, novos integrantes do conselho de administração, e Dower, futuro componente do conselho fiscal, participaram do time de futebol da Avacoelhada, campeão do torneio das torcidas em 1997. Batista e Dower foram os laterais. Euler comandou o meio de campo. Além do entrosamento, com a sequência de jogos no CT de Santa Luzia, o comprometimento foi fundamental na conquista do título. No início, o individualismo prevaleceu sobre o coletivo e os resultados foram negativos. Muita discussão e pouca produtividade. O mesmo empenho cobrado na arquibancada aos jogadores do América faltava para cada torcedor integrante da equipe. Depois da compreensão da responsabilidade individual e aumento da sinergia, o time engrenou. Braulinho, da Koelhomania, também vai compor o fiscal. Coelhada Sonora, sábado, às 15h, no Matriz.

A voz Celeste

Saudações celestes, nação azul. Mal termina a temporada e basta dar um giro nos sites esportivos e deparar com vários nomes e possibilidades para o Cruzeiro. Só ontem eu li: Barcos, Guerrero, Damião e Fred. Os dois primeiros certamente irão para fora do Brasil. Damião não tem minha preferência, apenas Fred já teria uma proposta oficial para ser o homem-gol da academia celeste em 2015. Como torcedor, eu digo que Fred não é o nome do meu agrado. Damião, muito menos. Barcos teria meu total apoio, e Guerrero encaixaria como uma luva. Mas esses dois últimos são caros demais. E os outros dois? Damião poderia encontrar seu bom futebol aqui? Fred é artilheiro, incontestável, porém, sou cruzeirense por amor e boto fé na tradição celeste, que sempre buscou e revelou grandes nomes. Mas, se vierem, cantarei e apoiarei da arquibancada!

A voz da Massa

Saudações alvinegras! Até agora eu não tinha dito nada a respeito da situação do Tardelli no Galo. É que eu não me deixei levar pelas declarações do atacante, e muito menos pelo que a imprensa vem publicando sobre a saída dele do clube. Na verdade, em nenhum momento eu achei que Tardelli deixaria o Galo, e, mesmo agora que ele terá uma reunião com a diretoria, eu continuo achando que ele não sai. As coisas não são tão simples assim, recebe uma boa proposta e vai embora. Tem o lado do clube também. Mesmo que Tardelli encontre uma ótima proposta financeira, essa vantagem tem que vir para o Galo, para o clube abrir mão de Tardelli. O contrato dele ainda vale por mais três anos. Portanto, eu quase posso afirmar que o matador fica. Acho que ele está é fazendo um pouco de marra para ser valorizado. E ele merece, pela temporada espetacular que fez. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave