McLaren deve anunciar volta de Alonso nesta quinta

A equipe inglesa é a única da F-1 que ainda não divulgou seus dois pilotos para a temporada 2015

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O espanhol estreou na Fórmula 1 em 2001, com 20 anos, correndo pela equipe Minardi-European. Em 2005, o piloto conquistou o seu primeiro título, pela Renault, se tornando o campeão mais jovem da F1. O feito foi batido por Lewis Hamilton em 2008. Alonso voltou a ser campeão em 2006, também pela Renault
Divulgação/ Facebook Ferrari
O espanhol estreou na Fórmula 1 em 2001, com 20 anos, correndo pela equipe Minardi-European. Em 2005, o piloto conquistou o seu primeiro título, pela Renault, se tornando o campeão mais jovem da F1. O feito foi batido por Lewis Hamilton em 2008. Alonso voltou a ser campeão em 2006, também pela Renault

 A espera para conhecer a dupla da McLaren vai acabar nesta quinta-feira (11). A equipe inglesa, única confirmada no grid da F-1 em 2015 que ainda não divulgou seus dois pilotos para o Mundial do próximo ano, convocou uma entrevista coletiva para a manhã desta quinta, em sua sede, em Woking, na Inglaterra.

E, apesar de não ter informado o tema do encontro, a divulgação de seus representantes deve ser o assunto principal.

O time deve confirmar o retorno de Fernando Alonso, que teve uma rápida e conturbada passagem pela McLaren em 2007. Na ocasião, o espanhol foi contratado a peso de ouro, mas teve de conviver com a chegada do então estreante Lewis Hamilton, que já nas primeiras corridas deu trabalho ao bicampeão mundial.

A relação entre os dois começou a piorar com o decorrer do campeonato, e a disputa interna entre Alonso e Hamilton, que tinham o melhor carro do grid no Mundial de 2007, acabou fazendo com que Kimi Raikkonen ficasse com o título no final do ano.

Insatisfeito com o tratamento recebido no time, Alonso deixou a McLaren ao fim da temporada e ainda entregou à FIA e-mails que comprovavam que a equipe havia espionado a Ferrari --punida, acabou desclassificada do campeonato daquele ano.

Apesar disso, a volta da parceria com a Honda a partir do ano que vem fez a equipe inglesa querer um piloto experiente e capaz de fazer o time reviver seus bons tempos, daí a escolha por Alonso. A grande dúvida é com relação ao seu companheiro para 2015. Na temporada que acabou em Abu Dhabi, há pouco mais de duas semanas, a McLaren contou com Jenson Button, 34, e Kevin Magnussen, 22.

Button, campeão mundial em 2009, com a Brawn GP, terminou o campeonato na oitava colocação, com 126 pontos. Magnussen, que fez sua estreia na F-1 neste ano e deu ao time seu melhor resultado na temporada --a segunda colocação no GP da Austrália, abertura do Mundial deste ano--, completou o ano na 11ª colocação, com 55 pontos.

Além da dupla, a McLaren tem como terceiro piloto o belga Stoffel Vandoorne, 22, vice-campeão da GP2 neste ano e que foi o responsável pelos dois dias de testes em Abu Dhabi, há duas semanas, quando a Honda fez sua reestreia oficial na F-1.

Leia tudo sobre: fernando alonsoformula 1kevin magnusenjenson button2015