‘Leão’ Donizete vai rugir mais

Estilo aguerrido do jogador agrada à Massa, que sempre prezou atletas com esse perfil

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Criatividade. 
O diretor de arte José Augusto Basílio criou uma figura mesclando os rostos de Leandro Donizete e de um leão
Jose Augusto / Divulgacao
Criatividade. O diretor de arte José Augusto Basílio criou uma figura mesclando os rostos de Leandro Donizete e de um leão

Até a final da Copa do Brasil, no Mineirão, o volante Leandro Donizete já tinha participado de 132 partidas com a camisa do Galo. O temperamento explosivo, o vigor nos desarmes e o fôlego para correr atrás dos adversários era um perfil já conhecido pelos torcedores. Mas, quando derrubou Dagoberto e, quase que por extinto, deixou o braço no rosto do cruzeirense, Leandro Donizete caiu, definitivamente, nas graças dos atleticanos.

Não é uma questão de violência. É uma questão de raça e dedicação ao time. “Ele é folgado demais”, disse Donizete sobre Dagoberto. Assim, ao unir esses elementos – tão valorizados pela Massa – o volante deu o recado para a diretoria, que respondeu, nesta terça, com a prorrogação de seu contrato por mais duas temporadas, até o fim de 2016.

O jogador ainda não assinou contrato e, por isso, ainda não falou sobre a permanência. Revelado nas categorias de base da Ferroviária – time de sua cidade natal, Araraquara, no interior de São Paulo –, Leandro Donizete ganhou projeção atuando pelo Coritiba, entre 2008 e 2011. Contratado pelo Atlético, foi campeão mineiro e vice-campeão brasileiro em 2012, campeão mineiro e da Copa Libertadores em 2013, e Campeão da Recopa e da Copa do Brasil, em 2014.

Identificação. O perfil “mordedor”, que não dá espaço para o rival em campo, mesmo que, às vezes, com força excessiva, fizeram com que o jogador ganhasse o apelido de “Leão”, em alusão ao nome Leandro. O diretor de arte, José Augusto Basílio, fez até uma montagem com a figura do animal. A imagem ganhou repercussão nas redes sociais.

A inspiração para criar a obra visual veio das semelhantes características do jogador com a de um leão. Jogando em casa ele é quase imbatível, caça a bola o jogo inteiro e assusta o oponente. Se o leão é o rei da selva, o Donizete é o rei dos desarmes”, exaltou Basílio.

E, diante de tanto carinho, Leandro Donizete não se esquece de retribuir. Após a última partida em casa neste ano, diante do Coritiba – quando chegou ao seu 133º jogo pelo clube –, o jogador pegou a bandeira do mascote Galo Doido e a empunhou, correndo pelo gramado do Independência.

Contratos. O Atlético ainda estuda a renovação com outros jogadores considerados importantes para o elenco. São os casos dos volantes Josué e do atacante Guilherme. A situação de Diego Tardelli segue indefinida. O atacante tem contrato com o clube até 2017, mas recebeu uma proposta melhor.

Outros três contratos acabam no fim do ano: o do zagueiro Edcarlos, o do volante Claudinei e o do lateral Pedro Botelho. O clube também não definiu os destinos de Jô, André e Emerson Conceição, afastados por indisciplina.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave