Moreno admite ter boas propostas, mas reitera desejo de ficar na Toca

Atacante lembra que Grêmio "pede alto" para liberá-lo, mas diz que empresário o animou sobre sua permanência em BH

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Moreno marcou o primeiro tento celeste e atingiu marca histórica como maior artilheiro estrangeiro do Cruzeiro
Alex e Jesus/O Tempo
Moreno marcou o primeiro tento celeste e atingiu marca histórica como maior artilheiro estrangeiro do Cruzeiro

Indefinição e mistério. Essas duas palavras resumem bem a atual situação do atacante Marcelo Moreno com o Cruzeiro. Emprestado ao time celeste e tendo seus direitos ligados ao Grêmio, o centroavante ainda não sabe se permanecerá no clube celeste ou se voltará ao time gaúcho na próxima temporada.

Apesar da incerteza sobre o seu futuro, Moreno voltou a falar sobre a vontade que tem de, por mais uma temporada, vestir o uniforme estrelado. Entretanto, sabe que suas intenções sozinhas não são suficientes para sacramentar a permanência na capital mineira. E revela ter outras “boas propostas” para atuar em outros clubes do Brasil e exterior.

“Independentemente da situação que hoje eu tenho com o Cruzeiro, são valores bem altos que o Grêmio pede no momento, Tenho outras propostas importantes no país, que são muito boas para mim. Mas eu tenho o interesse de permanecer no Cruzeiro, onde me sinto bem, à vontade e a torcida me respeita. A negociação está bem encaminhada e espero que a permanência seja o meu presente de Natal”, comentou.

Mesmo querendo curtir o feito inédito para o clube, a conquista do bicampeonato brasileiro – o quarto título na história -, e sabendo das dificuldades para ficar, Moreno diz que seu empresário garantiu que as conversas para sua permanência estão adiantadas.

“Agora é comemorar o bicampeonato, porque nosso time merece. O meu empresário me diz que as conversas estão avançadas. Tomara que ficar seja o meu presente de Natal”, disse, reafirmando que o Cruzeiro é sua casa.

“Me sinto muito bem aqui, o torcedor me dá a confiança para mostrar todo o meu futebol, o grupo me acolheu muito bem e me sinto com certeza na minha casa”.

Caso tenha feito sua despedida com a camisa celeste, Moreno deixou boa impressão, já que marcou um golaço na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense.

“Pode ser a despedida. O gol foi lindo, foi muito bom e emocionante dar esse presente para o torcedor na comemoração do título. Estou feliz por tudo que vivi no Cruzeiro e agora vamos comemorar o título do campeonato”, finalizou.

De acordo com o Cruzeiro, a permanência do atacante é a única pendência no momento para o clube resolver. O contrato de empréstimo do jogador vai até 31 de dezembro. A Raposa tenta reduzir o valor pedido pelo Grêmio para concretizar o acerto, mas ainda aguarda uma resposta do Tricolor Gaúcho. 

Leia tudo sobre: marcelo morenoficarcruzeironegociaçãogremio