Atlético pode perder os dois principais artilheiros do ano

Já o contrato do meia Guilherme vence em março, mas ele não foi procurado para tratar da renovação

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira e Fernando Almeida |

Indefinição. Tardelli terá uma reunião hoje com a diretoria do Galo para definir seu futuro, já Guilherme aguarda contato dos dirigentes
Bruno Cantini
Indefinição. Tardelli terá uma reunião hoje com a diretoria do Galo para definir seu futuro, já Guilherme aguarda contato dos dirigentes

Pela qualidade técnica e por aquilo que já fizeram pelo Atlético, Diego Tardelli e Guilherme podem ser considerados imprescindíveis no elenco alvinegro. E os números – tantas vezes evocados pelo técnico Levir Culpi – estão aí para provar a eficácia da dupla, que encabeça a lista de jogadores com o futuro incerto no clube.

Juntos, eles marcaram 25 dos 104 gols do time em jogos oficiais na temporada, o que representa 24% do total. No quesito assistência, Guilherme ainda soma sete passes que terminaram em gols.

Embora conviva com lesões desde que chegou ao clube, em 2011, Guilherme coleciona partidas que entraram para a história do Galo, como a semifinal da Libertadores, contra o Newell’s Old Boys, e o duelo contra o Corinthians, na Copa do Brasil deste ano. O contrato do atleta termina em março do ano que vem e a diretoria alvinegra ainda não sinalizou pela renovação.

Já a saída ou não de Diego Tardelli pode ser decidida ainda no início desta semana. A diretoria do clube e representantes do jogador farão uma reunião possivelmente hoje. Ontem, durante a entrega do prêmio Bola de Prata, Diego Tardelli voltou a dar sinais de que sua despedida é iminente devido às cifras da proposta que recebeu.

Para poder ficar no Galo, ele espera uma valorização salarial diante da proposta milionária recebida. Tardelli citou ainda que promessas financeiras não foram cumpridas pelo Atlético no atual contrato.

“A gente fica um pouco triste, pela diretoria não ter cumprido com sua palavra. Somos um grupo com o qual depois de 40 anos o clube voltou a vencer”, disse Tardelli, em entrevista ao canal ESPN, se referindo à Libertadores de 2013 e a Copa do Brasil deste ano.

Mais tarde, em sua conta no Twitter, Tardelli explicou que não estava falando mal do clube. “Só estou passando a realidade. (...) Infelizmente, não posso agradar a todos”, postou o jogador.

Na semana passada, o jogador já tinha deixado claro que ele quer melhorar suas condições financeiras, afinal, hoje ele também é um atleta de seleção brasileira. “Pintou essa proposta, mas vou esperar mais um pouquinho”, finalizou.

Sem novela. Após ao jogo contra o Botafogo, em Brasília, o técnico Levir Culpi disse que pediu a diretoria que o assunto Tardelli seja definido rapidamente.

Chateado

“Falar mal do Atlético, eu? Nunca! Estão me confundindo com outra pessoa. Só estou passando a realidade e o que se passa no momento. Faço questão de compartilhar tudo o que acontece na minha vida com vocês! Infelizmente, não posso agradar a todos!”

Diego Tardelli - Atacante do Atlético  

Hora da definição

“Não tenho a menor ideia sobre isso (se Tardelli vai continuar no Atlético). Só pedi uma coisa, pedi que resolvessem. Não quero ninguém aqui reclamando depois, lamentando que não foi. Isso tem de ser decidido durante esse período de férias.”

Levir Culpi - Técnico do Atlético

Números

15 gols marcou Tardelli, principal goleador da temporada

10 gols cada fizeram Guilherme e Luan em 2014 pelo Galo 8 gols marcaram Carlos e Jô; esse último apenas no 1ª semestre

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave