Google anuncia novo sistema para barrar robôs

Serviço substitui, em parte, a chata digitação de letras distorcidas

iG Minas Gerais |

Quebra-cabeça com letras não será aposentado
Reprodução/Internet
Quebra-cabeça com letras não será aposentado

SÃO PAULO. O Google anunciou um potencial substituto para o Captcha, sistema de autenticação usado para barrar o acesso de robôs a serviços da internet. Usando o “No Captcha reCaptcha”, como foi chamado, o usuário não precisa mais decifrar palavras distorcidas para se identificar como humano.

Em vez disso, marca uma caixinha para confirmar que não é um robô. Com um clique do mouse ou um toque na tela do celular. Na maioria dos casos, isso basta, segundo o Google. A empresa concluiu que a inteligência artificial atual já é capaz de resolver quebra-cabeças formados por palavras distorcidas com precisão de 99,8%.

Não quer dizer que os Captchas vão sumir, no entanto. Quando o novo sistema não puder ter certeza de que o usuário é um humano ou um agente abusivo, ele vai pedir a resolução de um Captcha. Alguns serviços, como o aplicativo de mensagens Snapchat e a plataforma de blogs e sites Wordpress, já estão usando o “No Captcha reCaptcha”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave