O sentimento do mundo para quem vive em Belo Horizonte

Vencedora do concurso Só Para Poetas, Amanda Bruno lança seu primeiro livro “Por Aqui” hoje

iG Minas Gerais | gustavo rocha |


Poeta vasculhou cadernos atrás de seus poemas mais antigos
Luiza Mariz / Divulgacao
Poeta vasculhou cadernos atrás de seus poemas mais antigos

Ao escolher uma narrativa particular, calcada em sua experiência enquanto moradora de Belo Horizonte, a poeta Amanda Bruno estendeu seu olhar para falar de características urbanas de qualquer grande cidade. Hoje ela lança seu primeiro livro de poesias, “Por Aqui”, no acervo artístico e literário do Sesc Palladium. “É um livro que traz temáticas corriqueiras na poesia, como o amor. Mas seu principal traço é essa relação com a cidade. Mesmo quando minha poesia se desloca para outro espaço (que não a cidade), ela mantém esse olhar típico das metrópoles”, avalia a poeta.

O livro foi lançado, em 2013, na Feira Balada Cultural, em São Paulo. A publicação engloba poemas escritos por ela desde 2007 até 2013 e foi lançada em virtude do concurso “Só Para Poetas”, promovido pela editora Edith – encabeçada por Vanderley Mendonça e Marcelino Freire. O vencedor teria seu primeiro livro publicado. “Em virtude do prêmio, eu fui buscar uma série de poemas escritos por mim. Muitos, inclusive, estavam em cadernos, cadernetas, perdidos em um computador que eu já não usava. O curioso de revisitar meus poemas antigos é perceber que o estímulo para escrever sobre determinada coisa seguia em mim, mas eu não me identificava mais com aquela forma. Então, vários poemas foram reescritos depois que os reuni”, relata Bruno.

Artista antenada com seu tempo, a poeta admite ser influenciada por movimentos que questionam e pensam a cidade, como lugar de encontro de diferentes estratos sociais. “Eu não faço parte diretamente da organização desses movimentos, mas certamente eu posso dizer que sou influenciada por eles. A Praia da Estação já é um espaço consolidado que pensa justamente em outra convivência com o espaço público. Tem esse sofrimento da cidade e a tentativa de agir e criar uma nova relação com ela”, pontua.

A poeta planeja novos voos. “Depois do lançamento do livro, em São Paulo, eu andei escrevendo contos, teatro, mas quero voltar a escrever poesia”, revela. Um dos desejos é conceber um livro, com temática mais clara. “Gostaria de escrever um livro com um projeto mais coeso”, finaliza.

Agenda

O quê. Lançamento “Por Aqui”, de Amanda Bruno

Quando. Hoje, às 19h30

Onde. Acervo Literário do Sesc Palladium (avenida Augusto de Lima, 420, centro)

Quanto. Gratuito.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave