“Cometeram a burrice de me prender”

Ex-presidente Lula prestou depoimento à Comissão da Verdade

iG Minas Gerais |

Lula lembrou perseguições a movimentos grevistas liderados por ele
TASSO MARCELO/ESTADÃO CONTEÚDO - 25.9.2014
Lula lembrou perseguições a movimentos grevistas liderados por ele

São Paulo. O ex-presidente Lula falou ontem à Comissão Nacional da Verdade. Durante pouco mais de uma hora, relembrou as dificuldades que enfrentou durante a ditadura, na parte final da década de 1970, quando liderou uma série de grandes greves que começaram na região do ABC Paulista e acabaram se estendendo por todo o país.

Em 1980, na mais longa daquelas greves, que durou 41 dias, a Justiça Militar da União determinou a prisão de Lula, com base na Lei de Segurança Nacional, após o movimento grevista ter sido declarado ilegal. Diante da Comissão da Verdade, ao relembrar aquele episódio, o ex-presidente disse: “Os militares cometeram a burrice de me prender”.

Lula foi julgado e condenado em primeira instância pela Justiça Militar. Também foi afastado da presidência do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo. Mais tarde, o Superior Tribunal Militar decidiu por sua absolvição. O ex-presidente Fernando Henrique também foi ouvido pela comissão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave