Após choque entre barras, obras são retomadas no Engenhão

Serviço havia sido interrompido no último sábado devido a um erro na hora de instalar uma barra metálica

iG Minas Gerais | Folhapress |

Incêndio de pequenas proporções atinge anel superior do Engenhão
Divulgação
Incêndio de pequenas proporções atinge anel superior do Engenhão

Nesta segunda-feira (8), cerca de 800 operários voltaram às obras de reparo da cobertura do estádio João Havelange, o Engenhão, na zona norte do Rio. Os trabalhos na obra haviam sido interrompidos no último sábado devido a um erro de manobra durante a instalação de uma barra metálica.

De acordo com a RioUrbe, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Obras, houve o atrito brusco entre duas barras metálicas, o que provocou reverberação em toda a estrutura. A vibração assustou os operários, que adotaram o protocolo de segurança, evacuando o local.

Ainda segundo a RioUrbe, engenheiros do Consórcio Engenhão analisaram a estrutura, ainda no sábado, e descartaram qualquer risco. Não houve necessidade de laudo complementar ou nova avaliação.

Esse não é o primeiro incidente nas obras. Em setembro, um princípio de incêndio atingiu parte do anel superior do Engenhão. O fogo foi controlado, e não houve feridos.

Inaugurado em 2007, com custo de construção de R$ 380 milhões, o estádio do Engenhão está fechado desde junho de 2013 quando um laudo técnico apontou que a cobertura corria risco de queda em caso de ventos fortes, em razão de erros de projeto dos arcos de sustentação.

A prefeitura endossou a análise de erro de cálculo, isentando de responsabilidade as executoras da obra.

A previsão inicial era de que as obras de reforma terminassem em novembro deste ano mas, nesta semana, o consórcio Engenhão (Odebrecht/OAS) disse que os trabalhos devem ser concluídos em janeiro.

Enquanto ainda termina o trabalho de reforço sem gastos de recursos públicos, o município iniciou o planejamento para adequação do estádio para a Olimpíada. O custo estimado para esta intervenção é de R$ 52,3 milhões.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave