FIVB anuncia alterações no calendário de 2015

Principais campeonatos da modalidade acontecerão em períodos diferentes daqueles praticados até este ano

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Brasil tem, nas mãos, chance de chegar à segunda vitória seguida
FIVB - DIVULGAÇÃO
Brasil tem, nas mãos, chance de chegar à segunda vitória seguida

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou o calendário de 2015 do vôlei confirmando algumas alterações no modelo vigente até este ano. Entre as novidades, está a antecipação do Grand Prix feminino, que vai começar em 26 de junho, praticamente um mês antes do que no ano passado.

Normalmente a competição tem a maioria das suas datas em agosto, exceto nos anos olímpicos, quando é antecipada. Com a novidade, o Grand Prix percorrerá todo o mês de julho, com os últimos jogos nos dois primeiros dias de agosto, em Omaha (EUA).

Assim, boa parte da competição vai acontecer paralelamente à Liga Mundial, que se inicia em 16 de maio e segue até 19 de julho - são mais de dois meses de jogos, portanto. A FIVB também confirmou que a fase final vai acontecer no Rio, provavelmente no Maracanãzinho, como um teste para os Jogos de 2016. Desta forma, a seleção brasileira, que está no Grupo A com Austrália, Itália e Sérvia, já tem vaga garantida no hexagonal final. O outro grupo da primeira divisão tem Rússia, Polônia, EUA e Irã.

O Mundial de Clubes segue com as datas do ano passado, entre 5 e 10 de maio, com a edição masculina no Brasil (Minas Gerais recebeu o evento em 2012 e 2013) e a feminina na Suíça (as duas últimas foram em Zurique). A temporada de 2015 também reserva a realização da Copa do Mundo, competição que acontece sempre nos anos ímpares pré-olímpicos. Tanto o torneio masculino quando o feminino serão no Japão. O dos homens entre 22 de agosto e 6 de setembro e o das mulheres de 8 a 23 de setembro. O Brasil está classificado como campeão sul-americano dos dois naipes.