Estátua em homenagem a Tom Jobim é inaugurada no Rio

20 anos após a morte do músico, cerimônia contou com apresentação do Sexteto Terra Brasilis, escolhido pela família do compositor

iG Minas Gerais | GUILHERME ÁVILA |

A estátua mostra Tom Jobim com um violão apoiado no ombro direito
A estátua mostra Tom Jobim com um violão apoiado no ombro direito
Uma estátua em homenagem a Tom Jobim foi inaugurada nesta segunda-feira (8), na orla da praia de Ipanema, no Rio, próximo ao Arpoador. A cerimônia marca os exatos 20 anos após a morte do músico e contou com apresentação do grupo Sexteto Terra Brasilis. Familiares e amigos de Tom estiveram presentes e segundo Paulo Jobim, filho do compositor, a estátua não poderia ter ficado em lugar mais significativo para o criador da "Garota de Ipanema".   Nascido no Rio de Janeiro, Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim faleceu aos 67 anos, em 8 de dezembro de 1994, de parada cardíaca, quando estava se recuperando de um câncer de bexiga no Hospital Mount Sinai, em Nova York. Mais conhecido como Tom Jobim, ele foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro. É um dos criadores do movimento da bossa nova e considerado o maior expoente da música popular brasileira de todos os tempos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave