Devotos homenageiam Nossa Senhora da Conceição em santuário

Mais de 3 mil pessoas evem passar pelo local durante as missas celebradas ao longo do dia

iG Minas Gerais | BERNARDO ALMEIDA |

No feriado em homenagem ao Dia da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, fiéis lotaram o Santuário Arquidiocesano de Nossa Senhora da Conceição, no bairro Lagoinha, na região Noroeste de Belo Horizonte. Desde às 6h, missas estão sendo celebradas a cada duas horas, até às 20h, e deverão reunir mais de 3 mil pessoas na igreja durante toda a segunda-feira (8).

Além da importância religiosa, o ano também marca os 100 anos da inauguração da pedra fundamental da igreja, e contou com a presença da bispo auxiliar da Arquidiocese de BH, dom Wilson Angotti, que destacou a forte associação da população com o local. ”O próprio povo belorizontino dá demonstração desse lugar como referência para Imaculada Conceição. Tantas outras igrejas Dado esse referencial histórico, as pessoas vêm e buscam neste local fazer a celebração deste dia”, disse.

O dia foi decretado feriado em Belo Horizonte pela lei 1.327/67, apesar de a padroeira da cidade ser Nossa Senhora de Boa Viagem, que é celebrada no dia 15 de agosto, também feriado na capital mineira. “O município tem a possibilidade de decretar alguns feriados religiosos, e esta é a festa da Imaculada Conceição, que é a mesma nossa senhora que a de Boa Viagem. Hoje celebramos a mãe de Jesus, concebida sem pecados, e nossa devoção é também um convite para que possamos refletir, e superar o pecado”, explica dom Wilson Angotti.

Fiéis

E os motivos que levaram os devotos à celebração na manhã desta diversidade entre os devotos presentes. O aposentado Ildefonso de Bernardi, 87, não perde a comemoração em nenhum ano, fazendo questão de estar presente no dia de homenagem à santa que dá nome a um lugar que lhe é tão especial. “Eu nasci e cresci aqui perto. fui batizado nesta igreja, e também me casei aqui”, conta Ildefonso, hoje viúvo, que não desanimou mesmo agora, morando no bairro São Gabriel, na região Nordeste.

Já a psicóloga Marcela Aparecida Oliveira, 26, estava visivelmente emocionada. O pai dela morreu de câncer no dia 30 de dezembro de 2013. “Herdei essa devoção dele”, conta. Se no ano passado ela compareceu para pedir pela melhoria do pai, desta vez a oração foi para dar graças. “Apesar de tudo, o ano foi bom, e só teno a agradecer a Nossa Senhora”, diz Marcela Aparecida, que revelou ter sido batizada em menção à homenageada.

Muitos acenderam velas em sinal de agradecimento e também de pedidos. É o caso da empresária Fernanda Azevedo, 39 e do administrador e empresas Márcio Azevedo, 65. O casal levou os quatro filhos, Clara, 15, Fernando, 17, e os gêmeos Clara e Bernard, 5. “Viemos pedir paz para eles, ainda mais com este mundo cada vez mais violento”, conta Fernanda.

Apesar de o santuário estar cheio, o movimento ainda foi aquém, na opinião de comerciantes, como Lia Fátima de Jesus, 7, que vende velas no local desde pequena e estava decepcionada com o faturamento. “Acho que muita gente viajou com o feriado prolongado, e o comércio já não está muito bom no ano mesmo”, lamentou. “Agora é esperar para ver se melhora ao longo do dia”.

A rua Além Paraíba permanecerá interditada entre a rua Resende Costa e a avenida Antônio Carlos até às 22h. Às 19h, uma procissão de uma hora sairá da paróquia e passará por ruas do entorno.

Outras celebrações

Além do Santuário, o Dia da Imaculada Conceição de Nossa Senhora também está tendo celebrações ao longo do dia em outras 11 igrejas de Belo Horizonte, além de capelas nas cidades de Betim, Contagem, Mário Campos, Pedro Leopoldo, Santa Luzia e Raposos, todas na região metropolitana de BH.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave