Galaxy marca na prorrogação e fatura título da MLS no adeus de Donovan

Meia-atacante, destaque também da seleção dos Estados Unidos, deu adeus aos gramados; irmão de Ricardo Goulart comemorou caneco

iG Minas Gerais | Folhapress |

Referência norte-americana fez sua última partida pelo futebol profissional
LA Galaxy/Divulgação
Referência norte-americana fez sua última partida pelo futebol profissional

Um dos maiores nomes da história do futebol dos Estados Unidos, o meia-atacante Landon Donovan, 32, despediu-se neste domingo (7) do futebol profissional ajudando o Los Angeles Galaxy a se isolar como maior campeão da história da MLS (Major League Soccer).

Com o astro em campo, o time da Califórnia derrotou o New England Revolution por 2 a 1, na prorrogação, e faturou pela quinta vez o título da principal liga profissional do futebol nos EUA (2002, 2005, 2011, 2012 e 2014).

O DC United, de Washington, segunda equipe mais vencedora da história, levou o troféu em quatro oportunidades (1996, 1997, 1999 e 2004).

O gol do título foi marcado pelo irlandês Robbie Keane, eleito o MVP (melhor jogador) da temporada, aos 6 min do segundo tempo da prorrogação. No tempo normal, Zardes havia marcado para o Galaxy e Tierney, para o Revolution.

O novo campeão da MLS conta com o volante brasileiro Juninho, irmão mais velho do meia-atacante Ricardo Goulart, que faturou a Série A pelo Cruzeiro.

Leia tudo sobre: la galaxymlslandon donovantítulotroféunew england revolution