Tufão nas Filipinas já matou pelo menos 21 pessoas, diz Cruz Vermelha

Hagupit aproxima-se de Manila, agora com ventos de 110 km/h, o que valeu baixar a classificação para a categoria de tempestade tropical

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Um pescador verifica seu barco durante chuva em Dolores cidade do Samar Oriental, região central das Filipinas - AFP Photo / Nonoy Lagarde
AFP
Um pescador verifica seu barco durante chuva em Dolores cidade do Samar Oriental, região central das Filipinas - AFP Photo / Nonoy Lagarde

O tufão que atinge as Filipinas desde sábado (6) matou pelo menos 21 pessoas, informou nesta segunda-feira (8) a Cruz Vermelha Internacional.

Dezoito pessoas morreram na iIha de Samar, no centro do país, onde o Tufão Hagupit chegou no sábado, com ventos de 210 quilômetros por hora (km/h), de acordo com o secretário-geral da Cruz Vermelha, Gwendolyn Pang.

O Hagupit aproxima-se de Manila, agora com ventos de 110 km/h, o que valeu baixar a classificação para a categoria de tempestade tropical.

Em Manila, onde vivem 12 milhões de pessoas regularmente atingidas por grandes inundações, prosseguem as operações de evacuação.

"Estamos em estado de alerta", declarou o representante de Manila, Joseph Estrada. "São as inundações que nos preocupam", acrescentou.

Segundo a agência meteorológica nacional Pagasa, os ventos deverão agora abrandar à medida que a tempestade progride em direção a oeste. O tufão deve chegar nesta segunda à tarde no sul da capital.

Leia tudo sobre: tufão