Governo colombiano baixará previsão do PIB por queda do petróleo

O governo estabeleceu como meta para 2015 de uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 4,8%, superior ao patamar de 4,7% fixado para este ano

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O governo colombiano revisará para baixo sua previsão de crescimento econômico no próximo ano pela queda dos preços internacionais do petróleo, o que também poderá forçar uma redução nos gastos fiscais, disse neste sábado (6) o ministro das Finanças do país.

O governo estabeleceu como meta para 2015 de uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 4,8%, superior ao patamar de 4,7% fixado para este ano.

"Certamente vamos baixar um pouco os 4,8% [da meta] que temos neste momento, porque, obviamente, o cenário de preços do petróleo é menor", disse Mauricio Cárdenas em uma breve entrevista, à margem de um fórum econômico em Santiago.

O petróleo, que representa cerca de 6% do PIB da Colômbia, caiu acentuadamente nas últimas semanas, atingindo na sexta-feira sua menor cotação em Nova York desde julho de 2009.

FOLHAPRESS

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave