Falta de indiciamento de policial gera protesto violento na Califórnia

Outros protestos, porém pacíficos, são realizados em todo o país por conta da morte de Eric Garner, um homem negro que foi morto por estrangulamento durante uma abordagem policial

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um protesto em Berkeley, na Califórnia, ganhou contornos violentos na noite deste sábado (6), quando manifestantes mascarados quebraram janelas e atiraram objetos contra a polícia, segundo informaram autoridades.

Outros protestos, porém pacíficos, são realizados em todo o país por conta da morte de Eric Garner, um homem negro que foi morto por estrangulamento durante uma abordagem policial. Manifestantes protestam contra a decisão judicial, anunciada na última quarta-feira (10), de não indiciar o policial envolvido no caso.

Garner, que estava desarmado, falou repetidas vezes que não conseguia respirar enquanto estava sendo preso, em 20 de novembro, pela venda de cigarros soltos, não tributados. A prisão foi capturado em vídeo. Segundo o Departamento de Polícia de Berkeley, um policial teve ferimentos leves por conta de pedras e outros objetos que foram atirados contra ele. Empresas também foram danificadas e saqueadas durante a confusão.

Para dispersar a multidão, foram usadas bombas de gás lacrimogêneo. Em Nova York, os protestos alcançam o quarto dia. Milhares de pessoas estão deitadas no chão do terminal Grand Central e outras marcham por entre as lojas da Time Square. Não há informações sobre presos.

Em Seattle, centenas de manifestantes marcharam do centro à sede da polícia local neste sábado (6). Autoridades disseram que um grupo se separou do protesto principal e tentou tomar uma estrada. Houve tumulto e sete manifestantes foram presos.

FOLHAPRESS

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave