César Cielo bate rival francês e é bicampeão mundial nos 100m livres

Brasileiro fez o tempo de 45s75, e ainda bateu o maior rival, o francês Florent Manadou, que ficou com a medalha de prata

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Cielo conquistou sua décima medalha em Mundiais e ainda pode aumentar o número
Divulgação / CBDA
Cielo conquistou sua décima medalha em Mundiais e ainda pode aumentar o número

O brasileiro Cesar Cielo, 27, venceu a final dos 100 m livres neste domingo (7) em Doha, no Qatar, e se tornou bicampeão mundial na prova.

César Cielo, medalha de ouro em Pequim-2008 e bronze em Londres-2012, já havia ganhado a mesma prova no Mundial de 2010.

O brasileiro fez o tempo de 45s75, e ainda bateu o maior rival, o francês Florent Manadou, que ficou com a medalha de prata, e que venceu Cielo na prova dos 50 m livres na sexta-feira (5).

Segundo Cielo, a derrota para o francês na prova dos 50 m livres, na sexta-feira (5), fez com que ele desse tudo de si neste prova.

"Eu não esqueci (os 50m livre), eu aprendi com isso. Um dia você ganha e outro você perde. O importante é fazer o melhor o tempo inteiro. Minha decepção nos 50m foi isso. Eu não ia ter vencido, não teria batido o recorde mundial (Manadou bateu o recorde mundial da prova), mas acredito que tinha uma prova melhor dentro de mim", afirmou o nadador ao SporTV, após a prova.

Ele ainda definiu a disputa deste sábado como uma 'briga de cachorro'.

"O final de hoje foi briga de cachorro, no final acho que conseguiu quem tava doendo menos, eu acho que eu queria um pouco mais que ele e consegui", disse.

Outro brasileiro da prova, João de Lucca, começou a prova bem e chegou a brigar por medalha, mas perdeu velocidade no final e terminou em sétimo lugar.

Leia tudo sobre: natacaocielomanadou