Mergulho com tubarões chega a dar um ‘friozinho na barriga’

iG Minas Gerais | Christiana Lee |

Guias dizem que os tubarões são mais curiosos do que perigosos
Christiana Lee/Divulgação
Guias dizem que os tubarões são mais curiosos do que perigosos

O filme “Tubarão”, de Steven Spielberg, virou clássico do cinema nos anos 1970 e transformou esses animais em vilões. E se fosse possível nadar com tubarões em segurança? Isso é possível em Oahu, em um passeio de duas horas, que sai do porto de Haleiwa até uma gaiola colocada a cinco quilômetros da costa. Os guias, que explicam como entrar e usar o equipamento, falam sobre as espécies que aparecem na região, em sua maioria sand bar (corre-costa) e Galápagos, e explicam que, apesar do mito, eles são mais curiosos do que perigosos.

Logo todas as coisas terríveis que disseram sobre eles parecem mentira, apesar de alguns chegarem a quatro metros. Eles nadam tranquilamente, subindo de vez em quando até a superfície. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave