Homem é amarrado e morto a facadas por trio que queria roubar arma

Um adolescente de 15 anos foi apreendido, suspeito de participar do crime; corpo da vítima foi encontrado por um sobrinho

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Um homem de 58 anos foi morto com requintes de crueldade em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, na manhã deste sábado (6). De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu no bairro Duquesa e a vítima foi encontrada na sala de casa, com as pernas amarradas com um fio de náilon e perfurações feitas por uma faca na nuca, no braço e na mão. Um adolescente de 15 anos foi apreendido, suspeito de participar do crime, e disse que o grupo pretendia roubar uma arma que pertencia à vítima, além de uma quantia em dinheiro.

A PM foi acionada pelo sobrinho da vítima, que foi visitar o tio pela manhã e encontrou o portão da casa aberto e as luzes acesas. Ao se aproximar, ele percebeu que a porta da caminhonete da vítima também estava aberta e chamou pelo tio. Como ninguém respondeu, o rapaz deu a volta no imóvel e encontrou a porta da sala aberta. Ao entrar, encontrou o corpo do tio, caído próximo a um sofá e em volta de uma poça de sangue. A casa estava completamente revirada.

Quando chegou ao local, a polícia encontrou um cabo de faca na poltrona do sofá e uma lâmina com serras, semelhante a uma faca de pão, no banheiro. Enquanto a perícia realizava os trabalhos no imóvel, a PM recebeu a denúncia de que três pessoas foram vistas saindo da casa na manhã deste sábado. Um deles seria um adolescente de 15 anos, vizinho da vítima, que costumava frequentar o local.

O perito acompanhou os militares até a casa do menor, onde foram encontrados rastros de sangue na garagem e no banheiro, além de manchas nas roupas do suspeito. Abordado pela PM, ele confessou que a ação tinha o objetivo de roubar uma arma que pertencia à vítima e também uma quantia em dinheiro que estava na residência. O adolescente informou que um homem conhecido como “Cachorro” foi quem golpeou a vítima, usando uma faca trazida da casa do menor. O jovem, no entanto, não soube indicar o paradeiro dos demais suspeitos e disse que sequer os conhecia bem.

A ocorrência está sendo registrada na Delegacia de Santa Luzia. Ainda não se sabe se pertences da vítima foram roubados. O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave