Assaltantes fazem refém durante fuga e trocam tiros com a PM em Viçosa

Um dos assaltantes tentou roubar um carro e chegou a atirar na direção da cabeça da motorista, que por pouco não foi atingida; quatro pessoas foram detidas e levadas para a Delegacia de Ubá

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Um assalto seguido de perseguição e troca de tiros mobilizou a Polícia Militar (PM) de Viçosa, na Zona da Mata, na manhã deste sábado (6). A ação começou em uma agência de pagamentos, no centro de Viçosa, e terminou com um cerco policial na casa onde um dos suspeitos tentou se esconder. Durante a fuga, um dos assaltantes tentou roubar um carro e chegou a atirar na direção da cabeça da motorista, que por pouco não foi atingida. Quatro pessoas foram detidas, entre elas, um detento albergado.

Segundo a corporação, dois homens usando capas de chuva e armas calibre 38 assaltaram a agência de pagamentos no centro de Viçosa, pouco depois das 9h. Eles fugiram em uma motocicleta escura, levando R$ 1.200, e foram perseguidos por militares no sentido avenida Governador Benedito Valadares.

Durante a perseguição, o suspeito que conduzia o veículo perdeu o controle da direção e bateu na porta dianteira de um Toyota Ethios, que estava estacionado. Ainda desgovernada, a motocicleta atingiu e amassou a porta de um Fusca antes de parar. O condutor do veículo ficou caído na rua e foi detido, enquanto o passageiro fugiu a pé, levando uma mochila preta. Os militares correram atrás do suspeito com a mochila na direção da praça Emílio Jardim. Próximo ao local, ele abandonou a bolsa, sacou um revólver calibre 38 e abordou a motorista de um Palio preto.

Com a arma apontada para a cabeça da vítima, o assaltante ordenou que ela deixasse o veículo. Ao receber a ordem, ela entrou em pânico e, nervoso, o suspeito atirou. Rapidamente, a vítima se abaixou e escapou de ser atingida pelo disparo, que acertou o vidro dianteiro do carro.

Com uma gravata, o assaltante retirou a mulher do carro e ela foi feita refém. Enquanto os militares tentavam negociar com o assaltante para que ele se entregasse. Em um momento de distração do suspeito, a vítima conseguiu fugir e se abrigar em uma padaria próxima ao local do crime. 

Ainda negociando com o assaltante, os militares foram alvo de vários disparos feitos por ele. A PM revidou com dois tiros e, neste momento, o suspeito abandonou a arma e fugiu em direção à linha férrea da cidade. A motorista do Palio, muito assustada, foi levada ao Hospital São Sebastião com ferimentos leves, causados por estilhaços do vidro do carro atingido pelo tiro.

Rastreamento

Em contato com o suspeito que dirigia a motocicleta e foi detido logo após o acidente, a Polícia Militar colheu informações sobre a identidade e o paradeiro do assaltante que fugiu com a mochila. Eles fizeram várias diligências até receber a informação de que o rapaz que havia fugido era um detento albergado e estava escondido na casa de um amigo.

Foi feito cerco no endereço indicado pela denúncia e suspeito acabou preso. Além dele, foram detidos o dono da casa e o proprietário da motocicleta usada no primeiro roubo.

Todos os suspeitos presos em flagrante e levados para a Delegacia de Ubá. O dinheiro roubado foi recuperado e a motocicleta, apreendida.   

Leia tudo sobre: crimeviçosatiros