TV paga ganha mais adeptos e bate recorde

A menor densidade foi verificada no Piauí, onde há 77,9 mil acessos. Ou seja, de cada cem domicílios piauienses, 8,29 têm TV paga

iG Minas Gerais |

Brasil tem 19,655 milhões de acessos de TV por assinatura
ACIR GALVÃO COM FOTO DE DIVULGAÇÃO
Brasil tem 19,655 milhões de acessos de TV por assinatura

Brasília. O Brasil encerrou o mês de outubro com 19,655 milhões de acessos de TV paga. O número está presente no balanço divulgado ontem pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). De cada cem domicílios brasileiros, 29,98 tinham o serviço de TV por assinatura ao final de outubro, aponta a agência. Nesse cálculo de densidade, a Anatel leva em consideração o número de domicílios estimado a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Estado com a maior base de assinantes é São Paulo, com 7,473 milhões de domicílios atendidos pelo serviço.

Isso significa que de cada cem endereços paulistas, 50,79 têm TV por assinatura. O Distrito Federal tem uma base bem menor, de 509,8 mil acessos da TV paga, mas que resulta em uma densidade de 56,97 endereços atendidos a cada cem domicílios brasilienses, a mais alta do país.

A menor densidade foi verificada no Piauí, onde há 77,9 mil acessos. Ou seja, de cada cem domicílios piauienses, 8,29 têm TV paga. Na divisão de mercado, a liderança foi obtida pela Telmex (Claro/Embratel/NET), com 10,423 milhões de acessos (53,03% de participação). O segundo lugar ficou com a SKY/DirecTV, com 5,653 milhões de acessos (28,76%).

A terceira colocação foi ocupada pela OI, com 1,122 milhão de acessos (5,71%). São citados também, com menores participações, Vivendi (GVT), Telefônica, Big Brasil, Algar (CTBC Telecom), NossaTV, Cabo, Prefeitura de Londrina/Copel e “outros”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave