Suspenso, Mano não poderá comandar time em despedida

Treinador foi punido pelo STJD por ter "desrespeitado os membros da arbitragem" na partida contra o Fluminense

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Mano Menezes em seu primeiro contato com o plantel do Timão
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/REPRODUÇÃO
Mano Menezes em seu primeiro contato com o plantel do Timão

O técnico Mano Menezes, do Corinthians, foi suspenso por uma partida do Campeonato Brasileiro pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) nesta sexta-feira (5) por "desrespeitar os membros da arbitragem" após a expulsão do jogo contra o Fluminense, no último domingo (30). Dessa forma, o treinador não poderá comandar do campo a equipe alvinegra na última rodada da competição. O Corinthians enfrenta neste sábado (6) o Criciúma, no Itaquerão. Porém, ainda cabe recurso. Mano foi denunciado por infração ao artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que fala em "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética esportiva". O árbitro da partida contra o Fluminense, Wilton Pereira Sampaio, citou a expulsão de Mano na súmula. Segundo Sampaio, o técnico "reclamou com gestos e palavras dentre as quais o quarto árbitro pôde identificar: 'tá vendo aí, eu falei que ele estava mal. É uma vergonha o que ele está fazendo. Isso é um absurdo'". Sampaio disse ainda que Mano "levou aproximadamente dois minutos para deixar o banco de reservas e os arredores do campo".

Leia tudo sobre: corinthiansmano menezestecnicofutebol