Mantega avalia como bom o resultado do IPCA de novembro

Indicador, que mede a inflação oficial do país, ficou em 0,51%; “acho que foi um bom resultado”, disse Mantega, ao chegar no Ministério da Fazenda

iG Minas Gerais | AGÊNCIA BRASIL |

Estamos fazendo superávit [primário] menor porque estamos fazendo política anticíclica [gastos para amenizar os efeitos de crises econômicas], declarou ministro
Agência Brasil
Estamos fazendo superávit [primário] menor porque estamos fazendo política anticíclica [gastos para amenizar os efeitos de crises econômicas], declarou ministro

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considerou positivo o resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em novembro, divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador, que mede a inflação oficial do país, ficou em 0,51%. “Acho que foi um bom resultado”, disse Mantega ao chegar no Ministério da Fazenda.

O IPCA do mês passado supera o de outubro (0,42%), mas é inferior ao de novembro de 2013 (0,54%). No ano, a inflação oficial acumula taxa de 5,58% e, em 12 meses, de 6,56%, acima, portanto, do teto da meta estipulada pelo governo (6,5%).

Mantega, que está no Ministério da Fazenda há oito anos, não continuará à frente da política econômica no segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff. Ele será substituído por Joaquim Levy, ex-secretário do Tesouro Nacional. Quinta-feira (4), no fim da tarde, os dois estiveram reunidos, mas não deram declarações à imprensa.

Leia tudo sobre: Guido MantegaMinistério da FazendaBrasilEconomiaPolíticaInflaçãoIPCA