Após 'cochilo' em clássico, Sada Cruzeiro tem decisão pela frente

Time celeste encara, em casa, o vice-líder Brasil Kirin-SP, que tem apenas um ponto a menos na tabela

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

ESPORTES - CONTAGEM MG - BRASIL - 17.10.14 - CAMPEONATO MINEIRO DE VOLEI - SADA Cruzeiro (branco) x Montes Claros (branco e azul) no Ginasio Poliesportivo do Riacho em Contagem MG.
Foto: Douglas Magno / O TEMPO
douglas magno
ESPORTES - CONTAGEM MG - BRASIL - 17.10.14 - CAMPEONATO MINEIRO DE VOLEI - SADA Cruzeiro (branco) x Montes Claros (branco e azul) no Ginasio Poliesportivo do Riacho em Contagem MG. Foto: Douglas Magno / O TEMPO

Aproximando-se da sua metade, a Superliga masculina começa a ter momentos decisivos em sequência. Cada rodada tem uma importância cada vez maior para que os times conheçam, aos poucos, a posição que deverá brigar até o final da fase de classificação. Após nove rodadas, o torneio tem três times brigando pela parte de cima (Sada Cruzeiro, Brasil Kirin-SP e Funvic-Taubaté-SP), enquanto o restante luta para se classificar ou sair da 'rabeira' da tabela. Os representantes mineiros estão distribuídos em todas as áreas da classificação. 

Neste sábado, acontecerão confrontos importantes entre times que estão em patamar semelhante, com destaque para o líder Sada Cruzeiro contra o vice-líder Brasil-Kirin. Apenas um ponto separa os dois times no campeonato. O Minas Tênis Clube, em casa, pega o Montes Claros, com os dois times querendo diminuir a distância para os três primeiros colocados, que já se mostram adiantados na pontuação.

Pior colocado do Estado, a UFJF encara o Ziober-Maringá, na Zona da Mata, para voltar a acreditar em vaga no G-8.

Único invicto na Superliga, o Sada Cruzeiro tem uma final antecipada pela frente. Às 21h30, o time celeste encara, no ginásio do Riacho, em Contagem, o Brasil-Kirin, uma das equipes de maior investimento. O Sportv transmite ao vivo. Os campineiros conseguiram deixar para trás outras forças do torneio, como Funvic-Taubaté-SP e Sesi-SP, que também chegam com um orçamento diferenciado. Na sua última apresentação, passou pelo Sesi-SP, com sobras.

"Será uma decisão entre dois times que estão vindo de vitória. Estaremos focados para buscar o resultado, eles também. Uma vitória será importante para descolarmos um pouco na tabela. Abrir quatro pontos neste momento seria interessante, mas sabemos das dificuldades", mostra o central Isac, do Sada.

No último jogo, sua equipe sofreu para vencer o clássico contra o rival Minas. Foi o primeiro jogo em que o time azul atuou por cinco sets. Todas as vitórias anteriores haviam aparecido em partidas de até quatro sets, mostrando a predominância mineira sobre os rivais. Depois de vencer os dois primeiros períodos, a equipe de Marcelo Mendez permitiu o empate, antes de voltar a jogar bem e fechar a partida.

"Baixamos a guarda e isso não pode acontecer. Quando isso aparece, o adversário cresce e as coisas podem se complicar. No último jogo, deu tudo certo, mas este filme pode não se repetir", analisa o ponta Filipe. Ao invés de lamentar o ponto perdido, Isac prefere enfatizar a manutenção da invencibilidade. "Treinamos sempre para vencer da melhor forma, mas jogo duro é assim mesmo. O tie-break pode aparecer. O mais importante foi vencer, mesmo que tenhamos somado apenas dois pontos", indica.