Em alto e bom português

iG Minas Gerais | Da redação |

A cantora e compositora angola Aline Frazão é apaixonada pela música popular brasileira
Ricardo Alevizos/Divulgação
A cantora e compositora angola Aline Frazão é apaixonada pela música popular brasileira

Permitir-se sair do lugar para explorar novas vivências é uma ótima forma de abrir portas para boas ideias. A cantora e compositora mineira Laura Lopes passou por uma experiência do tipo em abril desse ano, quando junto com outros amigos artistas foi para a Atlantic Music Expo (AME), uma importante feira internacional de música realizada em Cabo Verde. “A gente foi lá e teve a ideia de fazer um festival de World Music aqui em Belo Horizonte”, conta ela. E o que era uma ideia vira realidade a partir da próxima quinta (11), no Minas Música Mundo (MMM), festival que terá artistas de Angola, Brasil, Cabo Verde e Portugal em uma programação que tem como mote a conexão pela lusofonia e que se dividirá entre o Oi Futuro e o Mercado Distrital do Cruzeiro. Aline Frazão, que já foi considerada “a nova voz de Angola”, é quem vai trazer um pouco do país africano para o festival. Ela, inclusive, estava presente na AME 2014, integrando o lineup de artistas internacionais. “Foi a primeira feira musical que participei. A experiência é interessante pelo encontro com outros artistas que vêm de todo o mundo”, conta. Com 26 anos de idade, Aline já respira música desde criança, fase da vida em que ela se apresentou pela primeira vez. Mais madura, muitos estrangeiros já provaram de seu trabalho, seja assistindo seus concertos pelo mundo ou tocando com ela, que tem no currículo uma série de parcerias com artistas de outros países. Apaixonada pela música brasileira (“são muitos que admiro: Elis Regina, Jobim, Caetano, Gil, Lenine, Djavan, Marcelo Camelo, Maria Rita, Chico Buarque, Gal Costa...”), será a primeira vez que a artista terá a oportunidade de se apresentar no país: “Sempre quis tocar no Brasil, tem um significado para mim porque é um país que faz parte do meu universo musical desde o início”. Ela abre a programação de shows no Oi Futuro na sext (12), às 20h30, quando promete apresentar canções dos dois CDs que já gravou. “E, quem sabe, algum clássico da música angolana e alguma parceria com os tantos amigos mineiros”. Além de Aline, o palco do Oi Futuro receberá um dueto do português João Pires – premiado pela BBC6 Radio e pela parisiense Lusophonie - com o cabo-verdiano Dino d’ Santiago – cujo álbum “Eva” foi considerado um dos melhores de Música do Mundo, segundo a votação dos jurados do European World Music Charts 2013 – e apresentação do grupo Gustavito e a Bicicleta e da própria Laura Lopes, protagonistas da cena belo-horizontina de compositores. Expansão Os organizadores da MMM já enviaram o projeto para a Lei Estadual para a realização de outra edição do festival, que também deve contar com uma feira. “Acho que com essa primeira edição conseguiremos fazer algo maior depois”, anima-se Laura. PROGRAME-SE Oi Futuro Klauss Vianna (av. Afonso Pena, 4.001, Mangabeiras, 2625-1251)R$ 10 (inteira) Sexta (12) 20h30 Aline Frazão (Angola) 21h30 Gustavito e a Bicicleta (BR) Sábado (13) 20h30 Laura Lopes (BR) 21h30 João Pires (Portugal) e Dino d’ Santiago (Cabo Verde) Mercado Distrital do Cruzeiro R$ 12 (couvert artístico) Quinta (11) 23h Xafu Sexta (12) 23h Sérgio Pererê Sábado (13) 23h DJ Anônimo Domingo (14) Festa de encerramento do Festival Minas Música Mundo e da Mostra Cantautores 20h Marcos Frederico Quarteto + DJ Naroca +Palco aberto

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave