França briga por medalha na final dos 200m peito em Doha

Na tarde desta sexta-feira, o Brasil disputará mais cinco finais do Mundial de Piscina Curta; Cielo tentará o ouro nos 50 m livre

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Satiro Sodré/Divulgação
undefined

Após faturar três medalhas de ouro (100m costas, 4x50 medley e 4x50 medley misto) no Mundial de Piscina Curta, em Doha, no Catar, Felipe França novamente se classificou para uma final da competição internacional. Na manhã desta sexta, o nadador fez o tempo de 2m04s63, a sexta melhor parcial e vai brigar por medalha na decisão dos 200m peito.

E após a prova, França destacou que teve dificuldades, pois esta não é a sua especialidade e que até chegou a ficar atrás na série e só se recuperou no final. “Essa não é minha especialidade, sou velocista. Eu senti a prova pelo desgaste de ontem, mas meu objetivo foi feito, que era chegar na final.  A medalha é lucro agora se vier”, disse o nadador em entrevista ao Sportv .

Quem também estará em uma decisão na tarde desta sexta é Henrique Rodrigues, que fará a final dos dos 200m medley, após se classificar com o quarto tempo (1m53s49).

“Foi legal. O objetivo era classificar numa raia do meio pra ter noção da prova. Foi o meu melhor tempo da nesta prova em piscina curta. Ainda dá pra melhorar muito pra tarde. Eu não esperava estar aqui. Essa é uma competição “bônus” para mim.  As medalhas de ontem foram uma injeção de energia na equipe toda. A gente sabe o quanto custa pra estar ali e ver os colegas no pódio é muito gratificante,” afirmou o nadador. 

Além da final dos 200m peito com o França e o 200m medley com Henrique Rodrigues, o Brasil disputará mais quatro decisões na tarde desta sexta-feira: 4x100m medley feminino, 4x100m livre feminino, 50m borboleta com Daynara de Paula, e 50m livre com Cesar Cielo, prova em que já faturou o ouro olímpico em 2008 e que já foi quatro vezes campeão mundial da modalidade.

Ainda, Guilherme Guido e Henrique Martins nadaram os 50m costas e se classificaram para a semifinal. Guido fez o oitavo tempo (23s55) e Henrique o 16º (23s90). 

Leia tudo sobre: nataçaomundial de piscina curtafelipe françacesar cielodohacatar