Levir entre os top 3 do Galo

Treinador já passou pelo alvinegro em outras três ocasiões e quer dar sequência ao trabalho deste ano

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Levir Culpi teve sua primeira passagem pelo Galo em 1994 e 1995
EPITACIO PESSOA / ESTADAO CONTEU
Levir Culpi teve sua primeira passagem pelo Galo em 1994 e 1995

Ao firmar novo acerto com o Atlético para a próxima temporada, o técnico Levir Culpi sabe que terá seu nome cravado no top 3 dos treinadores que mais comandaram a equipe na história do clube. Em quatro passagens pelo Galo, Levir esteve à beira do campo 225 vezes, apenas duas a menos do que Barbatana, técnico atleticano em cinco ocasiões entre as décadas de 1960 e 1990.

Assumir essa condição o deixa honrado, feito que ele nem consegue transformar em palavras. “É uma honra. Não existe como explicar o Atlético. É uma alma, é coração, uma coisa, assim, incrível. Fazer parte dessa alma é motivo de orgulho e de agradecimento”, disse o treinador.

Apesar do destaque nas três passagens anteriores, certamente nenhuma supera os feitos de 2014, com as conquistas da Recopa e da Copa do Brasil. Além dos títulos desta temporada, Levir também foi campeão com o Atlético em outras três oportunidades, duas no Campeonato Mineiro (1995 e 2007) e uma vez na Série B do Brasileiro (2006). “É difícil mensurar (o que o Atlético representa). Só posso agradecer”, ressaltou.

O Brasileirão de 2014 foi o terceiro que Levir Culpi disputou com o Atlético. E pela primeira vez o treinador não conseguiu colocar o Alvinegro entre os quatro primeiros colocados. Em 1994 e em 2001, ainda quando a competição era decidida no mata-mata, o Galo foi semifinalista.

Negociação. A discussão da diretoria do Atlético para a renovação de contrato com Levir Culpi durou apenas meia hora. Com o aumento de salário acordado, o treinador aceitou permanecer no clube, já projetando bons momentos em 2015. “Foi muito rápido. O que pesou foi o fato de permanecer no Brasil e ficar no Atlético. É uma sequência. Vou passar para a próxima temporada. Temos algumas coisas para definir, ainda não assinei o contrato, mas assumimos o compromisso, e esperamos resolver algumas situações”, destacou o treinador.

Para mostrar como é bom ter uma sequência no trabalho, Levir citou as renovações de Marcelo Oliveira, do Cruzeiro, e Givanildo Oliveira, do América, como exemplos. “A gente vê isso com bons olhos. Com certeza, é um passo à frente. Quanto mais se organizar, melhor os resultados”, destacou.

O treinador sabe que existem problemas financeiros no clube, como também acontece em outros, o que, no entanto, não atrapalha o trabalho. “O Daniel (Nepomuceno, novo presidente) vai ter que ser um cara muito administrativo para resolver os problemas, que não são poucos”, afirmou. 

Ranking Os treinadores com mais jogos pelo Atlético: 1º) Telê Santana: 434 2º) Procópio Cardozo: 328 3º) Barbatana: 227 4º) Levir Culpi:225

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave