Inspirações para o décor

Com uma pegada mais contemporânea, adornos natalinos ocupam todos os espaços da casa

iG Minas Gerais | Ana Paula Braga |

Harmonia. Segredo é apostar em detalhes que farão a diferença no visual da decoração
leo fontes
Harmonia. Segredo é apostar em detalhes que farão a diferença no visual da decoração
A figura do Papai Noel continua sendo a protagonista da história, mas outros personagens e enfeites têm ajudado na tarefa de repaginar os cômodos da casa com uma pegada mais contemporânea. Além de duendes, fadas, ursos e anjos, há quem aposte nas corujas, borboletas, libélulas, renas, pinguins, pássaros e belos presépios. A técnica de patchwork, que une retalhos de tecidos com uma infinidade de formatos, também chega com tudo neste Natal para valorizar ainda mais o artesanato, como também é o caso dos charmosos bordados de ponto-cruz, crochês e tricôs, que dão um clima de aconchego na casa.   Na loja Casa Futuro Decorações, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, a linha de corujas, borboletas e até cupcake decorativo têm feito sucesso, além das árvores de pinho natural e em versões menores, todas enfeitadas com ursos de pelúcia e Papais Noéis. Os artigos natalinos, inclusive, marcam presença em qualquer cômodo da casa, acredite!   “Sala de estar, cozinha, lavabo, área gourmet e até sala de TV. Muitos clientes solicitam decorações para diversos ambientes da casa, e essa demanda nos fez apostar em linhas exclusivas e grandes para compor cada um deles”, afirma a proprietária Cláudia Machado Travesso. Segundo ela, a temática do Natal é uma das poucas decorações que permitem alguns exageros. “É hora de vestir a casa com mais brilho do que o normal, despertar sensações! A dica é fazer composições com mais coerência e harmonia entre cores e enfeites”, acrescenta.   Referências  O designer João Lima Júnior é famoso por garimpar as principais tendências natalinas pelo mundo afora. No início deste ano, ele foi conferir de perto as novidades da feira internacional Christmasworld, em Frankfurt, na Alemanha, que reúne empresas do mundo inteiro para expor o que será visto nas festas de fim de ano.   “De destaque temos as árvores de Natal flocadas ou feitas inteiramente de flores artificiais e elementos decorativos com um acabamento laqueado. O violeta é o novo vermelho na decoração natalina. A cor chegou em 2011 e desde então parece que não vai sair de moda tão cedo. Temos vários elementos decorativos em diversas tonalidades de roxo, desde o lilás até a cor berinjela”, pontua o especialista. Apostar em peças monocromáticas, como uma árvore de Natal toda branca ou toda dourada, pode conferir um toque moderno ao espaço e não deixa de ser uma alternativa para sair da mesmice.   A Casa Maia, que funciona há mais de 20 anos no bairro Lourdes, região Centro-Sul da capital, está com a decoração de Natal montada desde setembro. O proprietário da loja Alexandre Maia diz que o consumo de artigos natalinos está maior este ano e superou suas expectativas, sendo que muitas linhas já estão esgotadas.    Além de vender árvores que chegam a atingir 7 metros de altura, algumas coleções de sucesso foram a rústica, que busca o natural por meio de texturas sóbrias, a linha branca, mais clean e monocromática e, por último, a linha de vidro, com bolas e pingentes bastante sofisticados. “As pessoas estão viajando mais, buscando novas inspirações e têm uma influência mais europeia quando se trata de decoração natalina”, pontua.   Para trazer mais elegância e versatilidade nas ornamentações, a dica é apostar nas transparências. “O uso de vidros, por exemplo, é um recurso que pode dar ao espaço um grande ganho estético e sensorial”, afirma o arquiteto Willemberg Lobato. Vale aproveitar vasos de cristal, compoteiras, taças e garrafões de vinho e até frascos de perfume vazios. A ideia é preencher o espaço com flores naturais, rolhas, velas, pinhas, bolas coloridas e outros enfeites natalinos agrupados ou misturados

Leia tudo sobre: Nataltendênciadecoração2014