Jogador argentino morre após receber tijolada

Franco Nieto foi atingido por um tijolo em confusão generalizada na Argentina

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Jogador morreu após ser atingido por um tijolo em uma confusão no campo
Reprodução
Jogador morreu após ser atingido por um tijolo em uma confusão no campo

Um jogador de futebol argentino faleceu após ser agredido por torcedores e membros da equipe adversária. Franco Nieto (33) capitão do Tiro Federal disputava uma partida com o Chacarita, na liga da cidade de Aimogasta. Diversos problemas de disciplina marcaram a partida. No final, uma confusão generalizada entre jogadores, comissão técnica e torcedores tomou conta do local.

De acordo com o jornal Clarín, da Argentina, o jogador foi atingido na cabeça com um tijolo por um torcedor. O atleta foi levado em estado grave para o hospital e morreu três dias após entrar em estado vegetativo. Segundo a AFP, a agressão ocorreu após o fim da partida entre Tiro Federal e Chacarita.

Por causa dos problemas disciplinares entre as equipes, a partida foi encerrada 10 minutos antes do fim regulamentar. Nieto foi um dos expulsos na partida, que teve oito cartões vermelhos distribuídos no  final.  A confusão se estendeu para fora do campo e relatos apontam que jogadores também participaram do crime.

"Várias pessoas vinham insultando-o. O agrediram com socos, bateram nele. Ele tentou se defender, mas recebeu um golpe muito forte na cabeça. Ele foi operado na terça-feira. Hoje (quarta-feira), faleceu", confirmou Pablo Nieto, primo do jogador, à emissora TN.

"Entre os agressores, havia um jogador da equipe rival e um assistente do técnico, além de um 'barrabrava' (torcedor de organizada)", disse Fabián Bordón, delegado regional da polícia. Três pessoas foram detidas, e o caso está sendo investigado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave