Depois de prata no Grand Slam de Tóquio de 2013, Chibana busca o ouro

Atleta quer melhorar a marca do ano passado e diminuir distância para dono da casa líder do ranking

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Chibana irá estrear contra adversário que está bem abaixo do ranking mundial
Divulgação
Chibana irá estrear contra adversário que está bem abaixo do ranking mundial

Partindo para o último desafio da temporada, o judoca brasileiro Charles Chibana, número dois do ranking mundial em sua categoria (até 66kg), parte para o Japão para a disputa do Grand Slam. Na edição do torneio no ano passado, ele ficou com a prata e agora busca melhorar a posição.

"Espero fazer uma boa competição para fechar bem o ano", resume o brasileiro. Ele terá pela frente, na estreia, o esloveno Adrian Gomboc, número 54 do mundo.

Os maiores concorrentes serão os japoneses, que terão um maior número de atletas na disputa.

"Vai ser uma competição difícil. Competir no Japão é sempre complicado, já que eles podem ter até quatro atletas em cada categoria. Será um grande desafio", aponta.

Um dos favoritos será o japonês Masashi Ebinuma, atual campeão mundial. Ele está a apenas dois pontos à frente de Chibana no ranking mundial.

O Sportv e o Bandsports transmitem o Grand Slam. A competição acontece entre sexta e domingo, entre 22h e 4h.