Conflito entre PM e traficantes deixa quase 1.200 crianças sem aulas

Unidade de Polícia Pacificadora foi atacada na manhã desta quinta-feira no Morro dos Macacos, um policial ficou ferido

iG Minas Gerais | Folhapress |

Um conflito entre traficantes e policiais deixou 1.173 alunos da rede municipal sem aula nesta quinta-feira (4) no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, quatro escolas, uma creche e um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) estão fechados.

Por volta das 5h, a UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do Morro dos Macacos foi atacada por traficantes, que atiraram contra a unidade.

Um policial militar ficou ferido no ataque e foi encaminhado ao Hospital Federal do Andaraí, na zona norte do Rio, e depois transferido para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, região central. Ele está internado, e seu estado de saúde é considerado estável.

A polícia organizou uma operação na favela para identificar e prender os responsáveis. Segundo a polícia militar, o policiamento está reforçado na região e equipes do GIT (Grupamento de Intervenções Táticas) de outras UPPs ajudam nas buscas, que conta também com um helicóptero do GAM (Grupamento Aeromóvel).

Leia tudo sobre: upptirosmorrorio de janeiro