Com quórum, Casa não vota projetos

Já o líder do governo, Preto (DEM), não vê dificuldade. “Amanhã (hoje) vamos começar a votar. Já temos acordo”

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Apesar de 36 dos 41 vereadores da capital terem comparecido ontem à sessão plenária, não houve votação. Eram precisos pelo menos 21 presenças para iniciar a análise dos oito vetos que trancam a pauta. Quando a votação foi iniciada, apenas 12 se manifestaram no painel eletrônico.  

Oposição e base travam um cabo de guerra. O primeiro grupo quer que a situação amplie a discussão de projetos que consideram importantes, como a Operação Urbana do Barreiro, o projeto de estacionamentos subterrâneos, o que concede à iniciativa privada o rotativo faixa azul e o que autoriza a venda de terrenos no Jardim Canadá, próximo a mananciais. “Não obstruimos. A base tinha número para votar. Estão com problemas internos”, disse Pedro Patrus (PT).

Já o líder do governo, Preto (DEM), não vê dificuldade. “Amanhã (hoje) vamos começar a votar. Já temos acordo”. 

Ambiental

Discussão. O principal assunto foi a defesa de vereadores pela preservação de uma área verde de 21 mil m² no Jardim América. O local é alvo de licenciamento ambiental para receber duas torres.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave