Em meio a polêmica e guerra na Câmara, Burguês vai para Punta del Este

"Ele pode ir para onde quiser, mas tem que passar os trabalhos para a vice- presidência", reclama Wellington Magalhães

iG Minas Gerais | Do Aparte |

Em meio à disputa e à troca de acusações de venda de apoio pela presidência da Câmara, o atual presidente da Casa, Léo Burguês (PTdoB), não compareceu à plenária de ontem. Os colegas entregaram a ausência: Burguês está no Uruguai, em viagem a Punta del Este. O gabinete informou que ele está em agenda externa. No pinga-fogo da Câmara, a falta do presidente foi motivo para troca de farpas. O vice-presidente Wellington Magalhães (PTN), um dos candidatos ao comando da Câmara e que está rompido com Burguês, alfinetou o antigo aliado. “O chefe de gabinete não está. O presidente viajou de madrugada para o Uruguai. Fiz requerimento para saber se ele passou a presidência. Ele pode ir para onde quiser, mas tem que passar os trabalhos para a vice- presidência. Essa Casa não é dele, não é submissa a ele”, disse Magalhães, recente inimigo capital de Burguês. Joel Moreira Filho (PTC) outro candidato pela presidência não perdeu a oportunidade de usar o microfone para cutucar o possível adversário. "Paim e Magalhães o que vocês vão fazer para melhorar a imagem dessa Casa. O vice-presidente ali (Magalhães) andou de mão dada com o presidente, o elegeu, mas de seis meses para cá não sei o que aconteceu", disse Joel sobre o rompimento. 

 

Leia tudo sobre: léo burguêsburguêscâmaracâmara de bh