Everton Ribeiro celebra renovação de Oliveira e deixa futuro em aberto

Meia-atacante trabalha com o treinador desde os tempos de futebol paranaense, no Coritiba

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Everton Ribeiro se movimentou bem e mostrou habilidade em campo
DENILTON DIAS / O TEMPO
Everton Ribeiro se movimentou bem e mostrou habilidade em campo

Há quatro anos sob o comando de Marcelo Oliveira, o meia Everton Ribeiro celebrou a renovação de contrato do treinador com o Cruzeiro. Apontado pelo jogador como um 'paizão', o treinador permanecerá na Toca por mais uma temporada. Agora resta saber se a parceria, por parte do camisa 17, será mantida.

 

"Estamos aí. Tenho mais dois anos de contrato. Vou descansar bastante para fazer mais uma boa temporada. O Marcelo é um cara muito sossegado, um paizão para todos. Ele está de parabéns por tudo que tem feito e tem ganho. O Cruzeiro fez muito bem em renovar. O que está dando certo tem que manter", disse Ribeiro, logo em seguida mantendo o clima de mistério no ar.

"A gente conversa, nada é separado ou só conversa com o Cruzeiro ou só com o meu empresário. O futebol se movimenta muito. Estou feliz no Cruzeiro e vamos nos manter até quando houver uma grande proposta para todos", ressaltou.

Eleito o craque do Brasileiro por duas temporadas seguidas, Ribeiro tem seu nome sempre ligado a grandes clubes do futebol europeu. O Cruzeiro chegou a recusar propostas milionárias pelo meia, que mostrou-se útil mais uma vez à Raposa, principalmente na reta final do Campeonato Brasileiro. Valorizado, principalmente após convocações à seleção brasileira, Ribeiro diz manter o foco no clube celeste, mas admite que no futebol tudo é possível.

"Conforme passam as temporadas, e com a gente jogando em alto nível, interesses aparecem. Seleção também ajuda muito. No momento certo vão aparecer coisas boas e a gente dará continuidade na carreira. A gente sabe que futebol, às vezes, vem propostas que são impossíveis de recusar", finalizou. 

Leia tudo sobre: CruzeiroEverton RibeiroMarcelo Oliveirarenovação