Michael Johnson acredita em brasileiros na final olímpica no Rio 2016

Mito do atletismo e tetracampeão olímpico, ex-atleta realiza treinos com atletas do país e acredita em alta performance de seus pupilos nos Jogos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Tetracampeão olímpico traz sua toda sua experiência para ajudar na evolução dos brasileiros
Rafael Bello/COB
Tetracampeão olímpico traz sua toda sua experiência para ajudar na evolução dos brasileiros

Uma das maiores lendas olímpicas do atletismo de todos os tempos, o americano Michael Johnson  acredita que o Brasil poderá colher bons frutos na modalidade durante os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Um ano após iniciar o trabalho de assessoria técnica com  os brasileiros, o recordista dos 400m afirma que os seus pupilos poderão estar na final do revezamento 4x400m e com chances de medalha.

A última sessão de 2014 do Camping Nacional de Treinamento do Revezamento 4x400m masculino foi realizado nesta quarta-feira,  na pista da Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no Rio de Janeiro. Michael Johnson e sua empresa foram contratados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), que conta com o apoio da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

“O objetivo principal é dar continuidade ao progresso e seguir melhorando, o que já está acontecendo. Estamos satisfeitos com os resultados até aqui. Os atletas brasileiros estão se esforçando muito e, neste sentido, já atingiram sucesso. Não tenho dúvidas de que esta equipe tem todo potencial de chegar à final olímpica do revezamento 4x400m no Rio 2016. Uma vez chegando na final, tudo pode acontecer. A medalha é possível para esse time”, projetou Michael Johnson.

A empresa do tetracampeão olímpico, especializada no treinamento de atletas de alto rendimento, acredita que pode levar os brasileiros a atingirem um alto nível na modalidade. “Tudo o que podemos fazer é continuar o trabalho o mais duro que pudermos. O objetivo é fazer com que esses atletas tenham o seu melhor desempenho nos Jogos Olímpicos. Não sabemos o que os outros atletas podem fazer, mas esses atletas (brasileiros) podem controlar o que eles podem fazer nos Jogos. Então, o que fazemos é dar a eles as ferramentas para que possam se preparar para mostrar o melhor em 2016”, declarou o ex-atleta, que é medalha de ouro nos 200m e 400m nos Jogos de Atlanta, em 1996, nos 400m em Sydney, no ano 2000, e no revezamento 4x400m em Barcelona, no ano de 1992.

Este foi o terceiro intercâmbio entre a equipe de especialistas do americano e os atletas nacionais. Em abril deste ano, cinco deles foram para Dallas, nos Estados Unidos, para treinar no centro de alta performance de Johnson. A excursão irá se repetir em 2015, com os brasileiros participando ainda de competições em solo americano.

Os focos dos atletas nacionais no ano que vem são os Jogos Pan-americanos de Toronto, no Canadá, e o Campeonato Mundial, em agosto, em Pequim, na China. Participaram dos treinos com MIchael Johnson Anderson Henriques, Hugo Balduino, Wagner Cardoso e Pedro Burmann. Além deles, estiveram presentes Anderson dos Santos, Hederson Estefani, Jonathan Henrique da Silva, Lucas Santos, Peterson dos Santos e Alexander Russo.

Leia tudo sobre: AtletismocampingMichael Johnsontetracampeaoolimpicorevezamento4x400mtreinobrasileiros