Vice da F-1, Rosberg promete estar mais forte em 2015

Alemão perdeu campeonato para seu companheiro de equipe Lewis Hamilton

iG Minas Gerais | Folhapress |

Rosberg faturou a pole
AFP
Rosberg faturou a pole

Após perder a disputa pelo título da F-1 neste ano para seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, o vice-campeão mundial Nico Rosberg acredita que estará mais forte no campeonato do ano que vem.

E, apesar de prometer dar mais trabalho ao agora bicampeão, Rosberg acredita que a concorrência pode se aproximar da Mercedes em 2015 --neste ano o time venceu 16 das 19 etapas realizadas e fez 18 das 19 poles em disputa.

"Estou ansioso por lutar mais uma vez com Lewis no próximo ano e vou tentar ser ainda mais forte", afirmou Rosberg, que terminou a temporada com cinco triunfos contra 11 de seu companheiro de time.

"Sei que vai ser um enorme desafio, já que o nível de Lewis é muito alto e neste ano ele foi, sem dúvida, o melhor piloto do grid. Mas como vimos na última corrida do ano, em Abu Dhabi, quando a Williams esteve perto de nós, nossos rivais estarão mais fortes e não vão passar o inverno dormindo", completou o piloto alemão.

Hamilton venceu a prova disputada em Yas Island, mas teve a companhia de Felipe Massa e Valtteri Bottas, ambos da Williams, no pódio --Rosberg teve problemas em seu carro e completou a corrida apenas na 14ª colocação.

"É impossível dizer agora, mas estamos confiantes de que poderemos manter nosso bom desempenho no ano que vem, pois estamos muito fortes neste momento. Mas quem sabe onde nossos adversários estarão no começo do próximo Mundial? Precisamos esperar para ver."

Os primeiros testes para o campeonato do ano que vem, que está previsto para começar em 15 de março, com o GP da Austrália, em Melbourne, acontecem no fim de janeiro, em Jerez de la Frontera, na Espanha.

Outras duas sessões de quatro dias cada uma estão previstas para acontecer em fevereiro, em Barcelona.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave