Professor belga morre após ser baleado no centro do Rio

Dominique Marie foi atingido por dois disparos durante a noite desta terça-feira

iG Minas Gerais | DA REDAÇÂO |

Um professor belga morreu na noite desta terça-feira (2) após ser atingido por dois tiros na região central do Rio de Janeiro.

Por volta das 22h40, Dominique Marie Philippe Geneviève, 56, caminhava na calçada da rua Mem de Sá, na Lapa, bairro boêmio da capital fluminense, quando um homem em um carro preto passou pela rua e efetuou vários disparos.

Geneviève, que é professor de Letras da UFF (Universidade Federal Fluminense) desde 2011, foi atingido em um dos braços e no peito. O corpo do professor está no IML (Instituto Médico Legal) aguardando liberação.

De acordo com testemunhas, no momento dos disparos, havia uma briga em um bar entre dois homens. Alexandre Augusto Sílvio, 33, discutia com Antonio Carlos de Sousa, 30, após ter perdido em um jogo.

Sílvio deixou o local e retornou minutos depois com uma faca e desferiu dois golpes na costela de Sousa, que caiu no local. Sousa foi levado para o hospital Souza Aguiar, onde está em observação.

Neste momento, o carro preto passou na esquina da rua dos Inválidos com Mem de Sá. Um homem atirou primeiro para o alto e, depois, efetuou vários disparos, atingindo Geneviève.

Após a briga, Sílvio fugiu para casa, mas acabou preso por agentes da Operação Lapa Presente. Ele foi levado para a 5ª DP (Mem de Sá), onde confirmou a briga.

A reportagem não encontrou advogados de Alexandre Sílvio para comentar o caso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave