Australianos se despedem de jogador de críquete morto por bolada

Phillip Hughes foi enterrado nesta quarta-feira, em Macksville e seu velório foi acompanhado por centenas de fãs

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Amigos e personalidades, como primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott acompanharam o velório de Hughes
Divulgação/ Federação Australiana
Amigos e personalidades, como primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott acompanharam o velório de Hughes

Sob muita comoção, o jogador de críquete Phillip Hughes foi enterrado nesta quarta-feira,  na sua cidade natal, em Macksville –  a 300km ao norte de Sydney-, na Austrália. O atleta de apenas 25 anos faleceu na última quinta-feira (27/11), após não resistir a uma lesão na cabeça, causada por  uma bolada, durante a partida South Australia e New South Wales, no último dia 25 de novembro. 

Familiares, amigos, personalidades importantes como primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott e fãs foram dar o último adeus ao atleta. Durante o velório, o capitão da seleção australiana, Michael Clarke fez um discurso emocionado para se despedir do amigo, a quem chamava de “irmão mais novo”.

"O espírito de Phillip, que agora fará parte do nosso esporte para sempre,  vai atuar como um guardião do esporte que tanto amamos”, disse Clarke, inconsolável.

O velório de Phillip também foi transmitido em telões em vários pontos da cidade. As escolas e estabelecimentos comerciais também fecharam mais cedo para que todos pudessem dar adeus ao ídolo do críquete.

Após o velório, que durou cinco horas, milhares de fãs acompanharam o cortejo fúnebre de Hughes até o local do sepultamento.

Outro caso- Na semana passada,  o árbitro israelense Hillel Oscar, também levou uma bolada no rosto, durante uma partida de críquete, e faleceu no último sábado (29/11), dois dias após a morte de Phillip Hughes.

Os incidentes fatais levantaram um debate sobre a segurança do esporte. No caso de Hughes, a Federação Australiana de Críquete afirmou que vai propor uma maior proteção para os atletas e árbitros, durante os jogos.