Comerciante é preso suspeito de desmanche de carros no Anel Rodoviário

Suspeito alegou que as sete carcaças de veículo apreendidas já estavam no estabelecimento quando ele comprou o imóvel

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um homem de 37 anos foi preso suspeito de receptação de peças de carro, nessa quarta-feira (3), no Anel Rodoviário, na altura do bairro Nazaré, na região Nordeste de Belo Horizonte. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) realizou a Operação Desmanche, após receber várias denúncias de que peças de veículos de procedência duvidosa estariam sendo comercializadas na região.

De acordo com o tenente Valdomiro Mendes Ferreira da PMRv, no KM 457, local conhecido como “Favela da Luz”, vários estabelecimentos foram fiscalizados. Em um deles, os militares descobriram que o comércio estava aberto sem alvará de funcionamento. Foram apreendidas sete carcaças de veículos irregulares, ou seja, sem marcação de chassi, sem placa de identificação e com falta no Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran).

O dono do local foi preso. “Ele alegou que tinha comprado o estabelecimento há pouco tempo e estava providenciando a regulamentação. Também disse que quando comprou o estabelecimento os veículos já estavam lá”, contou Ferreira.

A perícia da Polícia Civil fará análise para informar a procedência das peças de veículos vendidas no local. Durante o trabalho, os policias viram vários clientes no endereço.

Leia tudo sobre: receptaçãopeças de carrocomerciante