Atlético não descarta "extrapolar" orçamento para trazer reforços

Diretor financeiro do Galo explicou ainda o intuito da verba de R$ 2,5 milhões colocada no orçamento como dinheiro para contratações

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

O orçamento do Atlético para a temporada 2015 foi aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube em 25 de novembro, e o planejamento aponta uma projeção de arrecadar R$ 25 milhões com venda de jogadores.

Contudo, o diretor financeiro do Galo, Carlos Fabel, não descarta aumentar esse número para viabilizar contratações visando reforçar a equipe, principalmente para a Copa Libertadores. O dirigente explicou ainda o intuito da verba de R$ 2,5 milhões colocada no orçamento como dinheiro para contratações. De acordo com Fabel, o valor tende a ser usado também para pagar os mediadores das transações.

"Os R$ 2,5 milhões não é para contratação. Quando você vende atletas, você tem que pagar mediação. Então temos isso tudo gastando com esse processo. Á princípio, colocamos R$ 25 milhões em venda de direitos econômicos. Mas, lógico que se o Atlético vender mais, a tendência é aumentar a verba para contratações, porque o time não pode ficar ruim, já sofremos muito", disse Fabel.

No fim de 2012, por exemplo, o Atlético havia colocado no orçamento para 2013 o valor de R$ 38 milhões como projeção de venda de jogadores; para 2014 foram R$ 60 milhões.  

Leia tudo sobre: atleticoorçamentoesforçoreforçosextrapolartemporadaproxima