Cidadãos não podem ter mesmo nome de ditador na Coreia do Norte

País também impôs proibições semelhantes para o uso dos nomes de dois ex-líderes, o pai de Kim, Kim Jong-il, e seu avô, Kim Il Sung, como parte da estratégia para impulsionar o culto à personalidade dos ditadores

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Associated Press
undefined

A Coreia do Norte ordenou há três anos que pessoas com o mesmo nome do líder Kim Jong-un mudem seus nomes, segundo informou o canal estatal da Coreia do Sul KBS nesta quarta-feira (3).

O país também impôs proibições semelhantes para o uso dos nomes de dois ex-líderes, o pai de Kim, Kim Jong-il, e seu avô, Kim Il Sung, como parte da estratégia para impulsionar o culto à personalidade dos ditadores.

O regime totalitário, caracterizado pelo extremo culto à personalidade dos líderes da dinastia Kim, exigiu que todos os cidadãos que se chamam Kim Jong-un mudassem de nome voluntariamente.

O nome de Kim Jong-un não é mais permitido para recém-nascidos. As pessoas que já têm esse nome não precisam parar de usá-lo, mas devem alterá-lo em suas certidões de nascimento e registros de residência, disse a KBS, com base em um decreto oficial do Norte.

Kim Jong-il, o pai do atual líder, emitiu a ordem em 2011, quando seu filho era seu sucessor. Ele morreu em dezembro daquele ano e Kim Jong-un assumiu o poder.

Ministério da Unificação da Coreia do Sul, que é responsável pela relação com o Norte, não confirmou imediatamente a notícia, mas disse ser plausível.

"A proibição é altamente possível já que a Coreia do Norte teve a mesma política na era de Kim Jong-il e Kim Il Sung", disse um funcionário do ministério.

Não se sabe quantas pessoas existem na Coreia do Norte com o nome de Kim Jong-un.

O sobrenome Kim é o mais comum entre os coreanos, com mais de 20%, tanto em cidadãos do Norte como do Sul.

Além disso, o nome Jong-un é relativamente frequente, tanto para homens como para mulheres, nas duas Coreias e foi especialmente popular entre os nascidos em meados da década de 1980.

Leia tudo sobre: Kim Jong-unCoreia do NorteMundoNomeditadorex-ditadoreslídermudança de nomes