Libertadores 2015: Nepomuceno avalia grupo do Atlético como 'dureza'

Galo caiu no Grupo 1 ao lado de Colo Colo (Chile), Atlas (México) e uma equipe colombiana (Independiente Medellín, Santa Fe, ou Atlético Huila)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Alexandre Kalil 'deixará' o cargo de presidente do Atlético nesta quarta-feira para a entrada de Daniel Nepomuceno
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Alexandre Kalil 'deixará' o cargo de presidente do Atlético nesta quarta-feira para a entrada de Daniel Nepomuceno

Daniel Nepomuceno esteve ontem a noite ao lado do atual presidente do Atlético, Alexandre Kalil, em Luque, no Paraguai, para acompanhar o sorteio dos grupos para a Copa Libertadores 2015 e deixou o hotel onde ocorreu a cerimônia otimista.

Apesar deste sentimento positivo, o futuro presidente do Galo citou as dificuldades que o clube irá enfrentar neste início da competição internacional. O Atlético caiu no Grupo 1 ao lado de Colo Colo (Chile), Atlas (México) e uma equipe colombiana (Independiente Medellín, Santa Fe, ou Atlético Huila, que tem chances pequenas de classificação).

"Vamos pegar uma dureza, achei a chave pesada, com time do México, outro tradicional da Libertadores, que é o Colo Colo e, enfim. O Atlético consegue sobressair nas dificuldades, a gente conseguiu todos os títulos em chaves difíceis. Estou otimista também", disse Nepomuceno à Foxsports.

"Pegamos uma chave que não é fácil, mas temos um mês para planejar, vamos viajar para o México, para o Uruguai (na verdade, Colômbia) e para o Chile", completou o novo cartola.

Nepomuceno assume o cargo máximo do Atlético nesta quarta-feira, quando ocorrerá a eleição, que tem chapa única.

Leia tudo sobre: atleticogalokalilnepomucenolibertadores2015