Mattos despista sobre Fred e Guerrero, mas diz que ajustes acontecerão

Dirigente celeste afirmou ainda que todos os esforços estão sendo feitos na tentativa de manter Moreno na Toca II

iG Minas Gerais | RÔMULO ABREU e BRUNO TRINDADE |

A temporada ainda não acabou, resta um jogo para o Cruzeiro encerrar sua participação campeã no Campeonato Brasileiro, mas, o foco dos times já deixou de ser confrontos, clássicos e chances de títulos, voltando-se para as possibilidade no mercado da bola. E este período na Toca da Raposa já começou quente.

Ambicionando o tri da Libertadores no ano que vem, a torcida celeste está na expectativa de ver reforços chegando ao Cruzeiro, e os primeiros nomes ventilados têm peso e agradam a muitos. Os atacantes Fred, do Fluminense, e Guerrero, do Corinthians, estão entre os especulados na Toca, mas o diretor de futebol celeste, Alexandre Mattos, não dá pistas sobre as chances de um acerto acontecer nesses casos.

Em entrevista exclusiva à reportagem de O TEMPO/Super FC, o dirigente indicou que o clube está movimentando os bastidores não só para qualificar ainda mais o elenco, como também para enxugá-lo.

“É gostoso escutar nome de bons jogadores. Isso significa que o Cruzeiro está novamente no seu patamar principal, com grandes atletas querendo vir, com grandes atletas sendo oferecidos. No fundo mesmo, o Cruzeiro tem uma ou outra situação, que vamos nos reservar ao direito de dizer posteriormente, depois do dia 7 de dezembro. Alguns ajustes vão acontecer, eles são necessários, precisa-se oxigenar um pouco o grupo e isso é bom para todo mundo, bom para o atleta. Mas, o Cruzeiro, no momento, não está em nenhum processo negocial de saída ou de vindas”, disse.

“Naturalmente, o Cruzeiro trabalha sempre buscando estar na frente dos outros. Por isso, precisa estar sempre focado, sempre conversando. Muitas situações que você conversa no início do ano, agora, podem virar realidade. Isso é um processo natural. O torcedor já conhece como a diretoria trabalha, com intensidade, com volume e com muita vontade de fazer o Cruzeiro sempre esse gigante que é”, completou.

Outro jogador que teve seu nome vinculado ao Cruzeiro, no entanto dando a transação como certa, é o lateral-direito Fabiano, da Chapecoense. Em outubro passado, o empresário do atleta, Rogério Messias, confirmou que ele seria repassado por um grupo de investidores ao clube mineiro. Porém, Mattos disse que o negócio ainda não está concluído.

“O Fabiano parece que foi adquirido por um grupo de investidores e eles já nos procuraram. É um jogador que o Cruzeiro acha que tem um perfil de curto a médio prazo bem interessante e as coisas podem acontecer”.

Além de chegadas, o período é de especular possíveis saídas também. Contestado pela torcida, o meia Marlone pode ir para o Grêmio, em uma troca visando manter Marcelo Moreno na Toca II. O jogador disse, nesta terça-feira, que desconhece o assunto, destacando que está focado em ficar no Cruzeiro. O discurso se assemelha ao adotado por Alexandre Mattos, que reforçou, no entanto, a intenção de manter o boliviano.

“Isso pra mim foi surpresa. O Grêmio não entrou em contato pedindo o Marlone e nenhum outro atleta. A gente sabe que os valores para ficar com Marcelo Moreno são altos, há uma dificuldade financeira. O Marcelo já disse que quer ficar no Cruzeiro e o Cruzeiro está muito feliz com ele. Então, vamos tentar encontrar um caminho comum. Vamos fazer todo o esforço possível. Mas, no momento, tudo que se fala é especulação”, ressaltou.

Por fim, Mattos comentou sobre a situação dos jogadores que estão próximos de encerrar contrato com o Cruzeiro, casos de Borges, Henrique e o paraguaio Miguel Samudio, além de Marcelo Moreno, já citado. O dirigente enfatizou que está conversando com os atletas, dando ênfase apenas para o volante camisa 8. A intenção é esclarecer essas pendências apenas após o encerramento definitivo da temporada.

“É um processo que temos que aguardar esses dias. Estamos tranquilos. A gente vem conversando muito com o Henrique e outros jogadores também. A partir do dia 8 de dezembro, com certeza, vamos ter tempo para falar disso tudo".

Vale lembrar que o contrato do técnico Marcelo Oliveira também termina no fim deste ano e tanto ele quanto o Cruzeiro já indicaram a renovação.