“Já conhecia e sabia bem do potencial do Escobar. Estou feliz por ele.”

Yoandy Leal - Ponteiro do Sada Cruzeiro

iG Minas Gerais |

O Escobar já vem mostrando sua qualidade na equipe do Minas. Essa adaptação tão rápida do compatriota te surpreendeu de alguma forma? Pelo contrário, eu já conhecia e sabia bem do potencial do Escobar. Estivemos juntos em Cuba também. Estou feliz pelo que ele tem feito nas partidas, mesmo com tão pouco tempo jogando a Superliga. Espero que ele continue nessa trajetória positiva ajudando o Minas Tênis Clube no torneio.

O que é mais necessário quando se fica parado por dois anos, como é exigido pelo governo de Cuba? No nosso caso, precisamos passar por esse período para ter a chance de sair do país e conseguir um clube fora dele. Temos quase a obrigação de chegar já dando resultados. Isso é importante para conseguirmos bons contratos e mostrar a que viemos. O Escobar chegou em boas condições e já mostrou o seu valor. Ele tem ainda mais para crescer no Minas e ajudar o clube dentro da Superliga.

Por que você acha que os atletas cubanos costumam se dar bem no vôlei brasileiro? Os jogadores cubanos têm muita qualidade e já deixaram bem claro que possuem condições de jogar em qualquer liga de voleibol do mundo. Aqui no Brasil não está sendo diferente, e a maioria tem conseguido se dar bem e apresentar qualidade no trabalho.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave