Nova CG 150 Start 2015

Chega a 150 “pé de boi”, de preço baixo, e sai de cena, pela segunda vez, a lendária CG 125

iG Minas Gerais |

Nova CG 150 Start
fotos: Honda/divulgação
Nova CG 150 Start

A Honda lançou a CG 150 Start, um modelo básico, de partida elétrica, bem mais barato, com preço de R$ 6.350, próximo ao da CG 125, que teve interrompida a sua fabricação. O motor é o mesmo da 150 Titan com tecnologia de injeção Flex, que prioriza a economia de combustível e permite o uso de gasolina ou etanol. A 150 Start é o modelo a “pé de boi” da linha 150 com equipamentos necessários por lei e só. Tem painel digital simples, freios a tambor, as tampas laterais e o para-lama dianteiro são pintados de preto, e não vem com o descanso central. Mas há conforto com a potência maior do ótimo motor e do suporte de pedaleira do garupa em alumínio. A partida elétrica é de série, mas a maioria dos motoboys (os maiores consumidores desse modelo) trocaria esse equipamento, com alegria, por um freio a disco, que, além de mais eficiente e fácil de trocar, dura mais do que o sistema arcaico de freio a tambor. Motor econômico A CG 150 Start utiliza o mesmo motor de um cilindro de 149,2 cc, de comando OHC, injetado. Moderno, durável e econômico equipa toda a linha CG 150. É reconhecido pelos profissionais das duas rodas por mérito de força (torque de 14,2 cv a 8.500 rpm) e de economia, maior do que no motor de 125 cc. Além disso, tem menor manutenção com balancins roletados e comando simples no cabeçote acionado por corrente, com duas válvulas e a refrigeração a ar. O chassi e o tanque são os mesmos da CG 150 Titan, sua irmã mais rica de equipamentos. O motor 150 fornece mais fôlego e segurança para quem precisa carregar peso ou andar com garupa, não perdendo tanta velocidade nas subidas como ocorre com os motores de 125 cc. Com esse lançamento a guerreira CG 125, que já havia sido morta uma vez, em 2004, voltando em 2005, torna a ser sepultada, saindo de linha de fabricação pela segunda vez. A CG 150 Start chega logo as lojas Honda com duas opções de cores: preto e vermelho, ao preço sugerido em SP de R$ 6.350. MOTONOTÍCIAS

O óleo semissintético é mais avançado e permanece sempre fino, desde a hora em que se dá a partida no motor até no momento de maior temperatura. Nessas situações, o óleo antigo não lubrifica eficientemente, e o semissintético continua cumprindo muito bem sua função. E não é só para motor de injeção, como muitos afirmam, mas para qualquer motor. A Final da Copa Minas Gerais de Motocross, neste fim de semana, no autódromo Mega Space, foi recheada de disputas emocionantes e inúmeros tombos, que agitou o grande público que lotou as arquibancadas, mesmo sob chuva nos dois dias. Com entrada franca, o povo agradeceu e foi uma das mais animadas plateias do evento nesse ano. Com um calendário e regras bem elaboradas, a Copa Minas Gerais de Motocross levou emoção e fomentou o esporte off-road durante todo o ano, atraindo pilotos de todo Brasil. Promete um campeonato muito mais emocionante em 2015. Motocross põe Minas em destaque nacional. A mineira Mariana Balbi, é a campeã na MX3, competindo com homens acima de 30 anos e vice na MXF, em que a paulista Stefany Serrão é a campeã. Na categoria principal, a MX1, o paranaense Jean Ramos é o campeão, e o paulista Eduardo Lima foi o primeiro na MX2. A Copa Minas Gerais de Motocross está resgatando o prestígio do esporte em Minas e oferecendo a possibilidade e o prazer de se assistir a uma corrida num circuito fechado, em que o público interage e anima os pilotos. Quem esteve, na última sexta-feira, preso no trânsito caótico, desde a tarde até às 21h, nas cidades de BH e Contagem, preferia estar de moto, mesmo sob chuva, a penar duas ou mais horas para chegar em casa. Quem andava de ônibus então é que sofreu mais. Os motociclistas passavam, sumiam e deixavam a inveja nos olhares dos sofridos passageiros. Mesmo molhados chegavam bem mais cedo às suas casas. 3º Bye Bye Minas é a última festa do ano, a ser realizada no dia 13/12 a partir das 12h, pelos motoclubes da região metropolitana de BH, com quatro bandas de rock confirmadas: Kilindrops (Tributo a Raul), Nova Gordine,Banda NAH e Cobalto 60. Sem hora pra acabar, o Bye Bye 2014 tem área de camping e entrada franca no Espaço VIP, casa de show coberta, na avenida Babita Camargos, 199, Contagem. Informações: (31) 8877-6444. O Bye Bye Minas é um encontro de motoclubistas, que virou tradição no fim do ano. A organização é dos mesmos motoclubes, que realizam BH Moto Point, encontro mensal, toda segunda terças-feira do mês, no mesmo local, a saber: Cadáver, Circuito dos Lobos, Família Real, Fâmulus, Irmãos Coragem, Lobos Famintos, Ogros Estradeiros, Nova Lima MC, Moicanos, Os Quentes, Patrulheiros do Asfalto e Rebelde. Todos os motociclistas com motos de qualquer tamanho ou cilindrada, além dos simpatizantes, são muito bem-vindos ao 3º Bye Bye Minas, sábado dia 13/12, a partir das 12h.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave