Neto de Pelé é a atração na apresentação do Guarani

Jogadores do Bugre começam os trabalhos de pré-temporada visando o Campeonato Mineiro de 2015

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

Octávio, de 16 anos, já passou por equipes do Paraná e do interior de São Paulo
Reprodução
Octávio, de 16 anos, já passou por equipes do Paraná e do interior de São Paulo

Visando o Campeonato Mineiro do próximo ano, os jogadores do Guarani se apresentaram nesta terça-feira para o início da pré-temporada. A principal atração é atacante Octávio, de 16 anos, neto do Rei Pelé. O garoto é filho de Sandra Regina Arantes do Nascimento Felinto. Ela, que morreu em 2006 vítima de câncer, só foi reconhecida como filha de Pelé em 1996, após uma longa batalha judicial.

Antes de acertar com o Guarani, o garoto passou por equipes do Paraná e pelo Independente de Limeira, equipe do interior de São Paulo. De antemão, ele já rechaça o rótulo de craque.“Todo mundo pensa que só porque eu sou neto do Pelé, tenho que ser igual ao Pelé. Ele foi um grande jogador e eu sou outro, com outra história de vida”, ressaltou, em entrevista coletiva no estádio Farião.

As diferenças técnicas, no entanto, não o faz esconder o orgulho. “Meu avô é um cara sensacional, um mito, o rei do futebol. Só tenho que agradecer a Deus por ele ter me dado o sobrenome”, destacou o garoto.

Além Octávio, outros 23 jogadores, 11 deles com idade de júnior, se apresentaram para o técnico Gian Rodrigues, que volta a trabalhar no time do Centro-Oeste do Estado. Entre os contratados, destacam-se os volantes Rafael Jataí, ex-Atlético e América, e Leandro Ferreira, também ex-Coelho. Este último, no entanto, ainda não se apresentou porque tem contrato em vigor com o Uberaba.

Atletas que estiveram no elenco que disputou o Mineiro deste ano, como os zagueiros Cris e Marx, o lateral Jailson, o goleiro George e o atacante Tardelli, continuam na equipe.

“O importante é ter lideranças no grupo, não apenas um, mas dividir esse trabalho no vestiário”, disse o goleiro George. "Sabemos que o Mineiro é um campeonato difícil, mas esperamos garantir uma vaga na Série D”, ressaltou o atacante Tardelli.

Leia tudo sobre: octávionetoPeléGuarani