UFC anuncia contrato de patrocínio de seis anos com a Reebok

Parceria prevê que parte dos lucros também seja destinada aos competidores

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Divulgação/UFC
undefined

O UFC anunciou, nesta terça-feira, o anúncio de uma parceria com a Reebok. Por seis anos, a líder mundial em material esportivo será a fornecedora exclusiva de roupas e acessórios da maior organização de artes marciais mistas do mundo.

 

A nova linha contemplará vestuários exclusivos para a "Fight Week", "Kit Fight Night" e equipamentos para os fãs do UFC. O contrato é semelhante ao adotado na NBA, NFL (liga de futebol americano), Major League Baseball, entre outras ligas. No entanto, o diferencial da parceria UFC/Reebok reside na entrada dos lutadores na repartição dos lucros.

"O UFC distribuirá grande parte da receita recebida deste acordo para os atletas", Lorenzo Fertitta, UFC Chairman e Chief Executive Officer.

"Estamos trazendo o nosso crescimento comercial para a marca UFC e nossos atletas. Então é uma vitória para todos nós", disse Fertitta. "Tudo isso vai ajudar os lutadores, porque vai permitir que eles se concentrem mais nos treinos e não em correr para conseguir alguns desses patrocinadores, que não são tão valiosos", completou.

Uma porcentagem dos rendimentos também será destinado para a "Luta pela Paz", uma organização sem fins lucrativos, voltado para o desenvolvimento de aulas de boxe, artes marciais e educação em comunidades atingidas pelo crime e violência. O projeto começou em 2000, nas favelas do Rio de Janeiro. A Reebok também está investindo em pesquisas voltadas ao esporte. 

Os atletas serão compensados de acordo com a Política de vestuário e equipamento em 2015, baseado no sistema hierárquico do ranking de cada lutador no momento da pesagem, independente do tipo de transmissão de sua luta e colocação no card. Os rankings das categorias de peso e do peso-por-peso do UFC são estabelecidos por votação de membros da imprensa, considerando apenas os lutadores ativos na organização. Eles não poderão usar logotipos de patrocinadores externos no vestuário esportivo durante a semana de eventos oficiais do UFC, bem como nas lutas e outros eventos. A nova política vai começar na semana de 6 de julho de 2015.

Presidente do UFC, Dana White, afirmou que os competidores gostaram da novidade.

"Praticamente todos atletas com quem conversei estão muito animados com isso. Eu realmente não tive nenhum feedback negativo, de ninguém", destacou White. 

 

Leia tudo sobre: UFCReeboklutapatrocíniocontrato