STJD suspende Felipão por xingar arbitragem em duelo com Cruzeiro

O auxiliar técnico Flávio Murtosa também foi punido pelo Pleno; Cruzeiro terá que pagar multa por atraso no segundo tempo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O árbitro Vinícius Furlan registrou na súmula os xingamentos de Felipão após o jogo
Lucas Uebel/ Divulgação Grêmio
O árbitro Vinícius Furlan registrou na súmula os xingamentos de Felipão após o jogo

A temporada 2014 de futebol encerrou de forma antecipada para o técnico do Grêmio, Luiz Felipe Scolari. O comandante foi punido na tarde desta segunda-feira, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), com três jogos de suspensão e só voltará a comandar o time gaúcho em 2015. Scolari foi penalizado pela  Primeira Comissão Disciplinar por desrespeitar a arbitragem na partida contra o Cruzeiro, em Porto Alegre, pela 35ª rodada do Brasileiro. O auxiliar Flávio Murtosa levou uma partida de suspensão.

Durante a derrota do Grêmio, por 2 a 1 para o Cruzeiro, Scolari e Murtosa reclamaram da arbitragem durante quase todo o segundo tempo. Nos minutos finais da partida, o auxiliar foi expulso e após o término do jogo, Felipão saiu bastante irritado da Arena Grêmio e voltou a xingar a arbitragem, principalmente o quarto árbitro, Márcio Coruja, já dentro do vestiário. O árbitro Vinicius Furlan registrou o ocorrido na súmula e os dois foram denunciados pela Procuradoria do SJTD.

Pelos xingamentos, Felipão foi denunciado com base no artigo 258, podendo pegar uma suspensão de um a dez jogos, enquanto Murtosa por infração ao artigo 243-F, e poderia levar de 180 a 360 dias de suspensão,  como previsto no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

No julgamento, a defesa do time gaúcho conseguiu desclassificar as infrações de Murtosa  para o artigo 258 e por isso a pena do auxiliar foi reduzida. 

Como Scolari e Murtosa estão suspensos, o auxiliar Ivo Wortmann deverá assumir o comando do Grêmio na última partida do Brasileirão, que será no próximo domingo contra o Flamengo, às 17h, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. 

Leia tudo sobre: felipaoflavio murtosagremiostjdcruzeirocampeonato brasileiro