Enteado é suspeito de matar padastro a tiros em Carangola

Adolescente de 15 anos teria contado com a ajuda de um rapaz de 17; até o momento, ninguém foi preso; principal suspeito já tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e por ilegal de armas

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um homem de 54 anos foi baleado e morto, na noite dessa segunda-feira (1º), em Carangola, no Zona da Mata. A suspeita da Polícia Militar (PM) é de que ele tenha sido executado pelo enteado de apenas 17 anos, com a ajuda de um adolescente de 15. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o corpo de Antônio Carlos de Souza Knaip foi encontrado caído na rua Doutor Juarez Quintão Hosken, no bairro Chevrand, em frente a um salão de beleza. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou o óbito.

A perícia informou que o corpo apresentava várias perfurações, sendo a maioria na região do peito e das costas. O corpo foi encaminhado para Muriaé.

Ainda testemunhas contaram à PM terem visto dois jovens fugindo do local e que um deles seria o filho da mulher que mora com Knaip. Foram feitos rastreamentos, mas os suspeitos não foram localizados. O adolescente de 17 anos já possui passagens pela polícia por tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

Conforme a PM, a vítima e o suposto assassino tinham vários problemas de relacionamento.

Leia tudo sobre: assassinatotiropadastroenteadotiros