Declaração feita por Aécio gera reação da cúpula petista

Após acusação de senador, PT estuda acioná-lo na Justiça

iG Minas Gerais |

Dilma enfrentará oposição mais qualificada que o país já viu, diz Aécio
Crédito: George Gianni / Divulg
Dilma enfrentará oposição mais qualificada que o país já viu, diz Aécio

BRASÍLIA. O senador Aécio Neves (PSDB-MG), candidato à Presidência derrotado nas eleições de outubro, afirmou que não perdeu nas urnas para um partido político, mas para uma “organização criminosa”. A declaração foi dada em entrevista à GloboNews, que foi ao ar na noite de sábado.

“Na verdade, eu não perdi a eleição para um partido político. Eu perdi a eleição para uma organização criminosa que se instalou no seio de algumas empresas brasileiras patrocinadas por esse grupo político que aí está”, disse o tucano. Na entrevista, Aécio fez várias outras críticas à presidente Dilma e disse que ela se mantém no poder às custas do que classificou como “sordidez” investida contra os oponentes, em especial durante a campanha eleitoral.

“Essa campanha passará para a história. A sordidez, as calúnias, as ofensas, o aparelhamento da máquina pública, a chantagem para com os mais pobres, dizendo que nós terminaríamos com todos os programas sociais. Não só eu fui vítima disso. Eduardo (Campos) foi vítima disso, Marina (Silva) e eu também. Essa sordidez para se manter no poder é uma marca perversa que essa eleição deixará”, afirmou.

Para o tucano, um ataque em campanha eleitoral, com respeito a determinados limites, “faz parte do jogo”.“Eu tinha que ser firme, mas sempre busquei ser respeitoso. Eu passei a ser porta-voz de um sentimento de mudança e também de indignação com tudo isso que aconteceu no Brasil”.

Alerta

Judiciário. Aécio ainda alertou para o risco de o Judiciário brasileiro ser politizado pelas indicações que a presidente Dilma fará. A petista indicará pelo menos seis dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Na verdade, eu não perdi a eleição para um partido político. Eu perdi a eleição para uma organização criminosa.”

Aécio Neves

Senador

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave